FUTEBOL PROFISSIONAL
 
FCA afastado da Taça da Liga
 
João Amorim
Derrota caseira ante o Paços de Ferreira (1-2) teve sabor a injustiça. Cícero carimbou o golo arouquense
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
TAÇA DA LIGA CTT
FC AROUCA 1-2 P. FERREIRA

2.ª Fase - 30 Julho 2017
Jogo no Estádio Municipal de Arouca - Espectadores: 1145
Árbitro - Carlos Espadinha (AF Portalegre), auxiliado por Ricardo Luz e José Luzia.

FC Arouca - Bracali; João Amorim, Jubal, Deyvison e Vitor Costa; Nuno Coelho, André Santos (Nuno Valente, 78') e Palocevic; Adílio (Sancidino, 65'), Kuca (Bertaccini, 85') e Cícero.
Suplentes não utilizados: Igor, Benny, Bruno Alves e Bruno Lopes.
Treinador: Jorge Costa

Paços de Ferreira - Mário Felgueiras; Bruno Santos, Ricardo, Marco Baixinho e Filipe Ferreira; André Leão, Andrezinho (Pedrinho, 45') e Vasco Rocha; Diego Medeiros (Gian, 87'), Bruno Moreira e António Xavier (Barnes, 75').
Suplentes não utilizados: Defendi, Miguel Vieira, Mabil e Luís Phellype.
Treinador: Vasco Seabra

Ao intervalo: 1-0
Marcador: 1-0 (Cícero, 6'); 1-1 (António Xavier, 52'); 1-2 (Diego Medeiros, 76').

FCA traído pela falta de finalização

Tivesse o FC Arouca a finalização afinada e a curta história na Taça da Liga teria sido outra. Foi a "traição" a si próprio, que o seu futebol não merecia, sobretudo numa primeira parte de boa qualidade que manietou completamente a equipa de Paços de Ferreira. Compreensivelmente, ainda em construção, as duas equipas jogavam o possível em fase precoce da época, mas do Arouca veio boa imagem para o futuro e, à falta de concretização dos arouquenses respondeu a formação pacense com uma eficácia letal que virou desvantagem em que Cícero a deixara logo aos 6'. Bom começo do onze de Jorge Costa, homogéneo, intenso no controlo do jogo e a poder matar o resultado, mas Adílio, de cabeça, aos 34', e André Santos, em serviço de bandeja de Palocevic, aos 44', a atirar para fora os dois a zero. O Paços de Ferreira mostrava-se desconfortável ao não conseguir sair na construção a partir de zonas mais recuadas e até ao intervalo não incomodou Bracali, excepto num livre ao minuto um, para um cabeceamento de Marco Baixinho que tocou o poste com intervenção do guardião arouquense. O Arouca deixava claro ar de I Liga, com o estilo tecnicista do sérvio Palocevic a pôr o jogo a andar até se tornar o melhor jogador em campo, bom nível exibicional equiparado à raça do central Deyvison sobre os avançados pacenses. Paços de Ferreira entrara em défice e regressou mais desenvolto para a segunda parte. Acabou por equilibrar o jogo e António Xavier (52') resolveu à bomba de fora da área parte dos problemas dos castores. O Arouca reagiu bem e antes do primeiro quarto de hora teve no brasileiro ex-S. Martinho, Adílio, duas soberanas ocasiões de voltar à vantagem, aos 56' na cara de Mário Felgueiras e, aos 60', ao falhar o cabeceamento. A partir daqui o FC Arouca foi perdendo frescura e Paços cresceu sob a batuta do médio Pedrinho, que aos 76' desencadeou grande jogada de combinação que terminou na assistência para o brasileiro Diego Medeiros festejar a reviravolta. O Municipal de Arouca sentia a "moral do jogo" alterada. Foi já no tempo de compensação que um livre de Vitor Costa levou a bola a raspar no travessão, negando o que seria um justo levar a eliminatória para o desempate por penáltis. Arbitragem inconstante.  Manuel Matos de Sousa 2017-07-30 - fotos: Avelino Vieira (direitos reservados)

TAÇA DA LIGA CTT
2.ª FASE (30 Julho)
Belenenses 0-1 Real SC
Oliveirense 2-1 Santa Clara
FC Arouca 1-2 P. Ferreira
U. Madeira 2-1 Gil Vicente
Moreirense 1-0 Aves
V. Setúbal 1-0 Tondela
Marítimo - Estoril (01/09)
Rio Ave - Cova da Piedade (02/09)
Portimonense - Chaves (03/09)
Boavista - Sp. Braga (03/09)
Isentos: Leixões e Feirense
(avançam directamente para a fase de grupos)

 
Arouca

Quarta, 16 de Agosto de 2017

Actual
Temp: 27º
Vento: NNW a 5 km/h
Precip: 0 mm
Céu Limpo
Qui
T 27º
V 5 km/h
Sex
T 26º
V 3 km/h
PUB.
PUB.
 
INQUÉRITO
Qual vai ser o seu destino de férias este ano?
 
 
A Frase...

"Trata-se de uma candidatura de pessoas livres, que pensam pela sua cabeça"

Victor Brandão, candidato à CMA pelo movimento "Nós Cidadãos", em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 31 visitantes online