Instituições arouquenses brilham no Dia Mundial do Teatro

Foi com um grande e generoso espectáculo que as instituições arouquenses comemoraram o Dia Mundial do Teatro, um evento concelhio que foi apadrinhado pelo profissional da televisão Jorge Gabriel. A data oficial do evento é apenas amanhã, 27 de Março, mas razões de agenda fizeram antecipar em um dia a actividade que envolveu nove Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS’s) do concelho de Arouca e ainda o Espaço Sénior da Câmara Municipal de Arouca. Promovido anualmente pelo Patronato – Centro Paroquial e Social Santa Mafalda, o espectáculo mobilizou ainda técnicos e utentes da AICIA-Associação para a Integração de Crianças Inadaptadas de Arouca, do Centro Social de Chave, do Centro Social e Cultural de Fermedo, Escariz e Mato, do Centro Social de Canelas e Espiunca, da Casa do Povo de Santa Cruz de Alvarenga, do Centro Social Santa Cristina de Mansores, do Centro Social e Paroquial S. Salvador do Burgo e da Santa Casa da Misericórdia de Arouca.

Muita sensibilidade e humor

Pelo palco desfilaram cenas de muita criatividade associadas à pedagogia das emoções e às tradições, mas também muito humor, uma variedade que sensibilizou e animou a tarde dos participantes e a dos utentes-espectadores que encheram a sala da Loja Interativa de Turismo, na sede do concelho. A comemoração da arte do teatro contou ainda com vários sketches cómicos protagonizados pelos actores arouquenses Armando Cunha e Simão Oliveira, da associação Arouteatro-Associação de Formação de Teatro Arouquense. Além de dirigentes e outros profissionais das instituições, o trabalho cénico das instituições foi acompanhado pela vice-presidente da Câmara Municipal, Cláudia Oliveira, que enalteceu a realização da iniciativa e «o trabalho em equipa que envolve todas as instituições do concelho. Todos estão de coração cheio e um bem-haja a todos os que contribuíram para este dia comemorativo.» A apresentação foi conduzida por alunos do Curso Profissional de Animador Sociocultural da Escola Secundária. No apoio logístico esteve ainda o Curso de Multimedia da mesma escola arouquense.

Jorge Gabriel, padrinho do evento

«Arouca não tem apenas doces conventuais ou posta arouquesa, tem sobretudo pessoas que gostam de receber e que têm aquilo que é fundamental para que qualquer um se sinta feliz – o amor de que dispõem.»

José Artur Gomes, da direcção do Patronato

«Estamos na organização deste Dia Mundial do Teatro, mas a envolvência é de todas as instituições, não só dos utentes, mas também do pessoal técnico, que faz também muito trabalho extra para preparar e apresentar este evento. Agradecemos a todos pelo seu contributo. Todos juntos fazem uma grande equipa que torna possível este espectáculo. O nosso objetivo é ocupar de forma útil os utentes, eles vibram com o que fazem. Ao vê-los satisfeitos, ficamos também satisfeitos. É um intercâmbio que vale a pena. O Jorge Gabriel é muito popular e querido pelos arouquenses e foi gratificante tê-lo hoje connosco», referiu ao Roda Viva o representante da entidade organizadora.

TODOS À ESPERA DE UMA VERDADEIRA SALA DE ESPECTÁCULOS

O espectáculo proporcionado pelas instituições merecia melhor sorte, a de terem no seu município uma sala de espectáculos moderna, onde coubessem não apenas os utentes, mas também os seus familiares e o público em geral. Manuel Matos Sousa/RV (texto e fotos)

Outros Artigos de Interesse

Sociedade

Câmara de Arouca vai investir em máquinas para ‘purificar’ a água das suas instalações

Os equipamentos usam a água da rede, que é distribuída pela Águas do Norte
Cultura Sociedade

Concurso Interconcelhio de Leitura: ler é gosto que junta crianças e jovens

Concluída a fase escolar, a Biblioteca Municipal acolheu a fase municipal que apurou os candidatos das escolas dos agrupamentos de Arouca e de Escariz
Cultura Divulgação

Páscoa: BMA actua na igreja do Mosteiro

«O concerto inicia com uma obra cujo título enfatiza a temática deste concerto de Páscoa, Um canto de louvor ao Supremo Criador de Andrew Boysen Jr»