SOCIEDADE
 
516 Arouca entre as seis pontes finalistas do prémio da IABSE
 
(foto: CMA)
A ponte suspensa é a única portuguesa constante nesta categoria do International Association for Bridge and Structural Engineering
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site

A 516 Arouca encontra-se entre as seis pontes finalistas do prémio da IABSE - International Association for Bridge and Structural Engineering na categoria de pontes pedonáveis e cicláveis. A informação foi divulgada na passada semana no sítio da internet da organização.
A 516 Arouca - Ponte Suspensa é a única infraestrutura portuguesa constante nesta categoria. As restantes pontes finalistas encontram-se localizadas na Suécia (Shipyard Bridge), China (Hemei Bridge e Haixin Bridge), Coreia do Sul (Y-Shaped Suspension Bridge) e Reino Unido (Esperance Bridge).
A IABSE representa a maior Associação Internacional da especialidade, com cerca de 4.000 membros engenheiros de estruturas, de mais de 100 países, promovendo o desenvolvimento da engenharia de estruturas em todo o mundo.
Os vencedores serão conhecidos a 17 de Novembro deste ano, numa cerimónia que decorrerá em Zurique (Suíça).
"É sempre com enorme orgulho e satisfação que vemos o trabalho que desenvolvemos reconhecido ao mais alto nível", afirmou a presidente da Câmara Municipal de Arouca, Margarida Belém, acrescentando: "Sentimo-nos já vencedores por termos conseguido estar entre as seis melhores pontes para peões e bicicletas a nível mundial".
Por sua vez, António Tadeu, do ITECONS, entidade projectista da ponte, sublinha "Sinto um grande orgulho pelo trabalho realizado pela equipa do Itecons. A ponte 516 Arouca ao ser incluída como uma das finalistas dos prémios atribuídos pela associação IABSE, demonstra o reconhecimento internacional do trabalho técnico e científico realizado. Trata-se de uma distinção que premeia toda a Engenharia Portuguesa".

 

Sobre a 516 Arouca

Inaugurada a 2 de maio de 2021, a 516 Arouca, situada na zona nascente do Arouca Geoparque Mundial da UNESCO, nas imediações dos Passadiços do Paiva, é uma das maiores pontes pedonais suspensas do mundo. Erguendo-se 175 metros de altura acima do rio Paiva, tem um vão de 516 metros, largura de 1,2 metros e é constituída por 127 tabuleiros em gradil metálico suspensos por pendurais e catenárias em cabos de aço. Seleccionada como uma das obras mais emblemáticas neste início de século pelo Conselho Nacional do Colégio de Engenharia Civil, foi cofinanciada pelo Programa Operacional Regional do Norte - NORTE 2020 (PROVERE), Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). No primeiro ano de funcionamento, ultrapassou já os 120 mil visitantes. GCCMA 2022-08-03

Prémios recebidos

•Melhor Projecto Público na Área da Engenharia dos Prémios Construir 2020
•Melhor atracção de desenvolvimento turístico da Europa (2021) - World Travel Awards
•Menção honrosa na categoria de Turismo Inovador do Prémio Nacional de Turismo 2021
•1.º Prémio ATEG de Arquitectura y Construcción Otilio García 2021 - Asociación Técnica Española de Galvanización

 
Arouca

Sábado, 24 de Setembro de 2022

Serviço temporariamente indisponível!

PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"A maior casa monástica era a de Arouca, para onde se deslocavam inúmeras jovens da alta linhagem do reino"

Helena Cruz Coelho, na apresentação do Diplomatário do Mosteiro de Arouca

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 74 visitantes online