SOCIEDADE
 
AECA na feira Batimat, em Paris
 
Carlos Brandão, presidente da AECA
Associação empresarial reforça internacionalização dos sectores da metalomecânica e do habitat
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
A AECA - Associação Empresarial de Cambra e Arouca tem um projecto designado "MasterExport", do qual é promotora em parceria com a AEA - Associação Empresarial de Águeda, no âmbito do Portugal 2020, especificamente, do Sistema de Apoio a Acções Colectivas (SIAC) - Qualificação, e inserido no objectivo temático nº 3 - "Reforçar a Competitividade das PME" do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, sendo apoiado pelo Fundo Europeu para o Desenvolvimento Regional (FEDER).
Este projecto visa reforçar a internacionalização das PME da fileira Metalomecânica e do Habitat, criando novos canais de vendas para países com elevado potencial e geograficamente próximos e também capacitá-las para se apresentarem nestes mercados com bens de maior incorporação tecnológica.
Dentro das várias actividades previstas, destaca-se, neste momento, a participação na Feira BATIMAT 2019, em Paris, que vai realizar-se de 4 a 8 de Novembro, sendo considerada um dos maiores espaços de negócios a nível mundial dedicado à fileira da Construção, Materiais de Construção e Interiores. A Feira é dividida em sete sectores: Estruturas, Carpintaria, Acabamentos e Decoração, Material e Ferramentas, Durabilidade de Edifícios, Informática e Serviço às empresas.
No âmbito do referido projecto, a AECA e a AEA vão estar presentes na BATIMAT 2019 com um stand próprio, 30 m2, visando promover a indústria da nossa região e os produtos dos nossos Associados, que foram convidados a disponibilizar material promocional e a estar connosco em Paris.
As associações empresariais promotoras actuam numa região alargada onde se localiza a maior parte das empresas industriais das fileiras da Metalomecânica e da fileira do Habitat (mobiliário, decoração, têxtil lar, cutelaria, utensílios da fileira casa, etc.) detentoras de capacidades provadas ao nível da inovação e do desenvolvimento de produtos que respondam com valor acrescentado às necessidades do mercado global.
Tendo por base a capacidade produtiva do país e a qualidade e diversidade dos bens produzidos em Portugal, nomeadamente na região Norte e Centro e em concreto na Fileira Habitat e na Fileira da Metalomecânica, o projecto visa reorientar as estratégias de internacionalização para mercados europeus mais sensíveis aos diferenciais competitivos assentes em factores imateriais de competitividade e mais valorizadores de produções diferenciadas e com maior valor acrescentado.
Deste modo, os mercados-alvo são os mercados europeus (U.E.) com características de proximidade geográfica, relacionamento histórico, elevado poder de compra, estrutura importadora que inclua bens provenientes das duas fileiras-alvo, relativa abertura a produtos vindos do exterior e que sirvam de "montra" e plataforma para acesso a outros países vizinhos. Tendo em mente estes factores foram escolhidos cinco mercados alvo: Bélgica, Espanha, França, Luxemburgo e Polónia. 2019-10-19
 
Arouca

Quarta, 20 de Novembro de 2019

Actual
Temp: 8º
Vento: SW a 2 km/h
Precip: 0.9 mm
Chuva
Qui
T 11º
V 2 km/h
Sex
T 11º
V 11 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Pretendemos que a Junta possa ter maior autonomia e fazer um serviço melhor do que aquele que está a ser executado"

Vitor Arouca, da Assembleia de Freguesia Arouca-Burgo, sobre a proposta de transferência de competências, ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 17 visitantes online