LARA PINHO
 
Saúde mental, como evitar uma "metalmania"
 
OPINIÃO | Os gestos mais simples fazem toda a diferença, visite um amigo solitário
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
A pandemia Covid-19 tem tido um grande impacto na saúde mental das pessoas, a nível mundial, devido às profundas alterações sociais e económicas. O medo, a ansiedade, o afastamento social, a diminuição dos afetos, o desemprego ou a diminuição de salários, a diminuição ou ausência de eventos culturais, recreativos, desportivos, as alterações na atividade física, o bombardeamento constante de notícias e
falsas notícias sobre o vírus são algumas das consequências pandémicas enfrentadas pela comunidade. Estas alterações, caso não sejam ultrapassadas, podem ter resultados mais gravosos que o próprio vírus na saúde e na qualidade de vida das pessoas. É preciso tomar medidas e unir esforços para que o processo de recuperação promova o bem-estar e a qualidade de vida e evite uma "mentalmia".
No dia 10 de outubro comemorou-se o Dia Mundial da Saúde Mental, este ano com o tema "Cuidados de saúde mental para todos: vamos torná-lo uma realidade". Este desafio diz respeito a todos nós, a cada um de forma individual e grupal pertencentes a uma comunidade e às diversas entidades, das loco-regionais às nacionais. É necessário capacitar os cidadãos para a promoção da sua saúde mental e da do outro, saindo desta crise pandémica com mais competências do que aquelas que tinhamos anteriormente.
Comecemos pelo que cada um de nós pode fazer para promover a saúde mental da comunidade:

1. Elogiar, elogiar, elogiar. Temos uma tendência inata para criticar o outro, para olhar para os aspetos negativos, ignorando os positivos. A autoestima é um gatilho para a promoção da saúde mental. Elogie mais, a si e aos outros, critique menos e promova a saúde mental.
2. Comer e beber. A alimentação é uma das principais responsáveis pela saúde mental e física. Apesar de todas as campanhas que tentam promover uma alimentação saudável, continuamos hoje com más práticas alimentares. Beba água, o centro da roda. Evite os processados e dê preferência aos alimentos da terra.
3. Dormir e descansar. Cada um de nós tem necessidades diferentes de horas de sono. Descubra as suas necessidades para que o sono seja reparador e se sinta com energia durante o dia. Um sono regular, bem como períodos de descanso durante o dia são cruciais para a saúde.
4. Exercitar. Existem imensas atividades físicas, desde as caminhadas, às aulas de grupo, aos desportos coletivos ou ao ginásio. Descubra a que lhe dá prazer e pratique-a de forma regular.
5. Socializar. O convívio com a família e os amigos aumenta o nosso bem-estar. Marque encontros regulares e socialize.
6. Atividades culturais e recreativas. É fundamental praticar atividades culturais e recreativas de que goste, como ler, escrever, pintar, ouvir música, ir ao teatro, entre outras. Não se esqueça de as incluir na sua agenda.
7. Ajudar o outro. O ato de ajudar e ser solidário com o outro aumenta o nosso sentimento de bem-estar, tornando-nos mais saudáveis. Os gestos mais simples fazem toda a diferença, visite um amigo solitário, escute o que alguém tem para lhe dizer, ajude o colega de trabalho que está com dificuldade numa tarefa, envolva-se no associativismo. Precisamos urgentemente de difundir a solidariedade. Pense nisso.
8. Aprender. A vida é uma constante aprendizagem, deixe-se aprender. Estimula a mente e mantem-nos ativos cognitivamente, promovendo a saúde.
9. Partilhar. Partilhe as suas preocupações e os seus sentimentos com alguém da sua confiança.
10. Peça ajuda. Reconheça quando algo não está bem e peça ajuda. Qualquer um de nós pode vir a sofrer de uma doença mental. Quanto mais precoce for o início do processo de reabilitação, melhor o prognóstico.
Simples ações fazem toda a diferença! Faça com que seja simples para si e para os outros! Promova a sua saúde mental e a do outro e seja feliz!
 
Arouca

Domingo, 05 de Dezembro de 2021

Actual
Temp: 10º
Vento: NW a 8 km/h
Precip: 0.1 mm
Aguaceiros
Seg
T 13º
V 3 km/h
Ter
T 13º
V 6 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Quanto melhor conhecermos o território, maior capacidade teremos para o gerir, preservar e valorizar"

Margarida Belém, durante a inauguração do Balcão Único do Prédio (BUPi)

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 64 visitantes online