TEIXEIRA COELHO
 
Os acessos à Freita
 
OPINIÃO | Algum do trânsito que por ali passa é constituído por viaturas de grande porte ou de grande tonelagem
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Decorrem obras na área de lazer próxima de Albergaria da Serra. O objectivo é recuperar e reordenar para fruição pública o espaço da chamada ‘praia seca', no rio Caima. Trata-se de uma intervenção promovida pelo município de Arouca e apoiada pelo Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural. Está já concluído o arranjo da área destinada a estacionamento de viaturas automóveis, um espaço extenso no qual seria útil marcar faixas para cada viatura para assim melhor aproveitar a sua utilização. Prosseguem ainda obras visando a pavimentação do espaço envolvente da Casa da Junta. Estamos em Julho, com expectativa de que se repita este Verão a afluência de grande número de veraneantes, sobretudo aos fins-de-semana, e todos desejaríamos que as obras tivessem sido programadas para estarem prontas nesta altura do Verão.
Trata-se de obras desde há muito reclamadas, mas que não fazem esquecer outras não menos necessárias.
Quem pretenda subir à Freita pode fazê-lo a partir de Manhouce (São Pedro do Sul), a partir da Felgueira (Vale de Cambra) ou a partir de Arouca por Provesende ou pela estrada da Granja. Há ainda a via panorâmica a partir de Moldes, mas este é um acesso à Freita opcional e a não perder para quem faça a viagem para descobrir e desfrutar de maravilhosas e inesquecíveis paisagens e surpreendentes horizontes.
O acesso a partir de Manhouce é íngreme, extremamente sinuoso e tem todas as características de uma estrada florestal asfaltada com um belo tapete(!) a sofrer já, aqui e ali, os efeitos do tipo de trânsito que suporta. O acesso a partir da Felgueira na sua curta extensão, sem fazer esquecer o perfil de estradão florestal asfaltado, oferece piso de qualidade sofrível.
Quem percorre as estradas de acesso à Freita, no concelho de Arouca, sobretudo se tem que o fazer por necessidade ou por obrigação, diz mal da sua vida e da sua carteira. Entre Provesende e o Parque de Campismo, o piso da via vem-se degradando e, aqui e acolá, apresenta-se desnivelado e esburacado. No troço entre o Parque de Campismo e o Merujal de Cima, uma centena de metros de estradão florestal
asfaltado, verifica-se uma forte degradação do piso.
Quem opta pelo acesso à Freita pela estrada da Granja encontra uma estrada com pavimento abrasivo que mais parece em macadame dado que o asfalto já mal se lhe enxerga no piso.
A manutenção das vias de acesso à Freita tem-se limitado a disfarçar bermas e tapar buracos com chapadas de asfalto. As raras obras de alargamento da plataforma de circulação e de consolidação das valetas, aqui e acolá levadas a cabo, não passam de remendo de tecido novo em pano velho.
Mas há outros factores que concorrem para a degradação das vias de acesso à Freita. É que nem o traçado da estrada, nem as dimensões da sua plataforma, nem a consistência da sua infraestrutura, foram concebidos para responder às exigências da utilização a que estão a ser submetidos. O aumento da circulação e sobretudo o tipo de viaturas que os utilizam degradam inevitavelmente os acessos à Freita. Algum do trânsito que por ali passa é constituído por viaturas de grande porte e/ou de grande tonelagem. É mesmo de assinalar que circulando tais viaturas pelas estradas da Freita daí não tenham resultado, que se saiba, acidentes graves. A subida de Manhouce para a Freita é para os condutores de tais veículos autêntica prova de perícia.
Enfim, um caso evidente de inadequação da via ao trânsito que a procura. Males estruturais só se resolvem com soluções estruturais. Mas essas... 2021-07-29
 
Arouca

Domingo, 26 de Setembro de 2021

Actual
Temp: 14º
Vento: SE a 2 km/h
Precip: 0 mm
Nevoeiro
Seg
T 18º
V 2 km/h
Ter
T 18º
V 3 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Obras do novo hotel no Mosteiro arrancam no final do mês de Setembro"

Anúncio de Rui Dinis, da empresa MS Hotels, durante a apresentação em Arouca do projecto da unidade

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 38 visitantes online