JOSÉ CARLOS SILVA
 
Orçamento, eleições e Natal
 
OPINIÃO | Começam a tornar-se insustentáveis as derrapagens nos custos da ‘Ponte Suspensa’
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
O executivo camarário reuniu recentemente para discutir e votar o Orçamento e as Grandes Opções do Plano (2021/24). Estes dois documentos foram aprovados sem surpresa pela maioria socialista que suporta o elenco, mas contou com os votos contrários de toda a oposição de centro direita (PSD
e CDS).
Com o orçamento do próximo ano a emagrecer 1,5 milhões de euros relativamente a 2020, num total de 22,1 milhões de euros, as maiores fatias da receita vão para 'Habitação' (36%), 'Educação' (14%), 'Turismo e Comércio' (14%) e 'Indústria e Energia' (9%).
Margarida Belém afirmou que «não podia ir mais além, para manter as contas equilibradas do município», já a oposição atacou de forma contundente estes dois instrumentos estratégicos e a postura da autarca para com os restantes vereadores, não os respeitando e não acolhendo os seus eventuais contributos para aqueles dois documentos.
Numa altura de crise económica de dimensões ainda desconhecidas, as autarquias têm um papel de apoio às instituições e empresas locais no meio da terrível tempestade que estamos a viver, por isso, mais do que nunca, deverá haver coesão e todos a remar para o mesmo lado, apesar das naturais e saudáveis diferenças políticas e ideológicas.
No capítulo das despesas do município, começa a tornar-se insustentável o sem número de constantes derrapagens nos custos da famigerada ‘Ponte Suspensa', aproximando-a rapidamente de valores proibitivos, num concelho onde carências básicas em várias freguesias estão à vista de todos. Convém recordar os mais desatentos que os países que mais apostam no turismo são países subdesenvolvidos,
dada a sazonalidade e imprevisibilidade deste sector!...
•••
2021 vai ser ano de eleições. Em Janeiro, no dia 24, vamos eleger o novo Presidente da República. Os vários candidatos já andam no terreno mas não deverá haver qualquer novidade no desfecho final, tal é a distância que as sondagens colocam o actual presidente, Marcelo Rebelo de Sousa, face aos restantes candidatos a Belém.
Em final de Setembro início de Outubro, teremos eleições autárquicas. Aqui, no caso de Arouca, ainda existem muitas dúvidas que durante o primeiro trimestre do ano começam a ser dissipadas.
Margarida Belém vai recandidatar-se com a mesma equipa ou com algumas alterações? Fernando Mendes irá a jogo novamente, ou o PSD vai apresentar um novo rosto e um novo elenco? Os centristas apresentarão Pedro Vieira, actual vereador e líder dos centristas, ou vão indicar um independente? Haverá nova coligação de centro-direita? Francisco Gonçalves vai repetir, uma vez mais, a candidatura comunista? Surgirá alguma candidatura inesperada de outro espectro político? Estas são algumas questões que vão circulando nos bastidores da política local e cuja resposta conheceremos a breve trecho!...
•••
Morreu há poucos dias, de forma inesperada, de ataque cardíaco, após ter realizado uma caminhada próximo da sua casa em Angeiras (Matosinhos), Vítor Oliveira, treinador responsável pela inédita subida do FC Arouca à I Liga em 2013. A sua morte deixou atónito o país desportivo, não apenas pela sua reconhecida competência profissional mas, sobretudo, pelo homem de valores e de princípios de que pautou a sua vida.
Numa entrevista concedida ao RODA VIVA em Novembro de 2012, quando questionado como se caracterizava como treinador, Vítor Oliveira responde assim: «Há valores e princípios sérios de que eu não abdico como homem e como treinador de futebol. Vivo o futebol com paixão mas não faço deste o motivo principal de toda minha vida. Somos homens antes de sermos treinadores. No futebol, como na vida, não podemos ganhar sempre, mas podemos lutar sempre. É isso que faço». Paz à sua alma!
•••
Estamos na contagem decrescente para a época festiva do Natal e Ano Novo. Este ano, forçosamente, será um período festivo diferente e que nos vai obrigar a um conjunto de cautelas sanitárias para que a quadra natalícia seja vivida em paz, harmonia e fraternidade. Esperemos que o 2021 seja o virar de uma página depois de um ano totalmente atípico e cujas repercussões económicas e sociais não estão ainda devidamente contabilizadas.
Aos nossos leitores, assinantes, colaboradores e anunciantes, desejo um Santo Natal e um Feliz Ano Novo!
 
Arouca

Quinta, 28 de Janeiro de 2021

Actual
Temp: 12º
Vento: SE a 0 km/h
Precip: 0 mm
Nevoeiro
Sex
T 14º
V 3 km/h
Sáb
T 11º
V 10 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Os arouquenses estão preocupados com o preço da água, tal como eu estou"

Margarida Belém, presidente da CMA, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 37 visitantes online