ANSELMO OLIVEIRA
 
Uma questão de fotografia
 
OPINIÃO | Grande parte dos arouquenses continua à espera de uma rede de saneamento
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Os acessos ao litoral e a rede viária foram, são e continuarão a ser um, senão o principal, problema do concelho de Arouca.
Se a famosa variante é, para já e nos tempos vindouros, nada mais que uma miragem entre a Ribeira e Escariz, o problema do acesso ao litoral está para já enterrado... de Escariz a Santa Maria da Feira todos sabem como o processo tem decorrido, com sucessivos adiamentos, com o governo e a autarquia a desejar que passe Outubro e as eleições para ver se o assunto só em 2021 volta à baila.
Como se não bastasse os problemas que já temos de acesso, seis anos após a derrocada na Pedra Má e que infelizmente causou dois mortos, resolve-se fazer uma nova intervenção no talude em pleno Verão. Se falhou a prevenção em 2013, posteriormente foi efectuada uma intervenção de urgência para estabilização do talude para evitar novas derrocadas. Mas ao que parece essa intervenção, de tão urgente que foi, não foi devidamente efectuada. Ou apenas seis anos depois não seria preciso uma intervenção de fundo.
Mais uma vez é visível a falta de planeamento que existe no país, onde os organismos não interagem, e causa o que vou se está a passar neste momento.
Diz a autarquia, assim como o governo, que o mais importante é o bem estar das populações, mas por vezes não parece... A autarquia encontra-se neste momento a intervencionar o troço que vai de Santo António à Ponte da Azenha (freguesia de Santa Eulália). Nesta intervenção, que mais parece as obras do Convento de Mafra, já foi adiado o prazo de execução previsto, houve desvio do orçamento para valores que só no final poderão ser conhecidos, isto para além de uma dança de empreiteiros sem grande explicação. Espero que no final da obra seja a população informada do que realmente se passou.
É o dever da autarquia, já que a obra é sua.
Quem está e Santo António e precisa de ir a Rossas, não podendo ir entrar na variante em Sá, tem que andar ou para trás para apanhar a variante ou ir para a frente e encontrar o melhor caminho. É isto zelar pelo bem estar da população?
Se bem que a intervenção na Pedra Má possa ser da responsabilidade de outros, convinha que a autarquia tivesse tido um papel preponderante no calendário da intervenções na rede viária do concelho. Certo que os Passadiços e o Geopark fazem esquecer que Arouca é mais que isso. Existe toda uma população que é necessário ter em conta.
Grande parte dos arouquenses continua à espera de uma rede de saneamento básico condigna com o desenvolvimento que o concelho tem tido. Esse desenvolvimento só estará completo quando o saneamento básico tiver uma rede capaz de servir a população.
Eu até compreendo que o saneamento fica enterrado e é uma obra que não se vê... nem dá grande cenário para umas fotos de circunstância...
 
Arouca

Segunda, 23 de Setembro de 2019

Actual
Temp: 18º
Vento: S a 3 km/h
Precip: 0 mm
Muito Nublado
Ter
T 19º
V 5 km/h
Qua
T 17º
V 5 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Há hoje, de forma directa, uma melhor resposta à doença"

António Alves, director executivo do ACES Feira/Arouca, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 37 visitantes online