JOSÉ CARLOS SILVA
 
Escola, Colheitas e Autárquicas
 
OPINIÃO | A matriz rural, marca identitária do nosso concelho, tem o seu momento alto no final do mês
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Estamos em pleno mês de Setembro, as férias são já uma agradável saudade e a vida voltou ao seu ritmo normal. As baterias estão recarregadas e a azáfama de preparação do novo ano escolar repete-se todos os anos nesta altura do ano. Graúdos e miúdos vivem sempre com grande intensidade a rentreé do início das aulas.
O ano lectivo nos dois Agrupamento de Escolas do município (Arouca e Escariz) arrancou ontem (dia 13), com milhares de crianças e jovens a regressarem ao ensino.
Este ano escolar ficará marcado pela adesão do Agrupamento de Arouca ao projecto-piloto - "Autonomia e Flexibilidade Curricular dos Ensinos Básico e Secundário" - que o Ministério da Educação decidiu avançar em 160 estabelecimentos do país.
Por cá, este projecto vai englobar catorze turmas - quatro do 1º ano de escolaridade, três do 5º ano, três do 7º ano e quatro do 10º ano dos cursos vocacionais. O Agrupamento de Escolas de Arouca, que se tem destacado nos últimos anos no panorama nacional, fruto dos diversos prémios científicos alcançados a nível nacional e internacional, vai continuar na vanguarda da educação.
Esperamos que esta experiência educativa consiga mobilizar e envolver alunos, docentes e encarregados de educação e que os resultados obtidos sejam positivos.
É que este novo projecto será um enorme desafio pedagógico e irá certamente provocar uma alteração substancial no paradigma do ensino-aprendizagem tal como o conhecemos hoje.
Mas Setembro também é mês das "Colheitas". A matriz rural, marca identitária do nosso concelho, tem o seu momento alto no final do mês com a festividade em homenagem aos nossos agricultores. Este ano a festa regista a 73ª edição, e nunca é demais louvar todos aqueles que se dedicam ao trabalho da terra, bem como à Cooperativa Agrícola de Arouca, a casa-mãe dos nossos lavradores.
A Feira das Colheitas, que teve em António Almeida Brandão o seu grande mentor, continua hoje, a caminho das bodas de diamante, com o fulgor dos novos tempos, sem nunca descurar a sua marca original.
Setembro também será ainda o mês da campanha eleitoral para as eleições autárquicas que se realizarão no primeiro dia do mês de Outubro.
Cinco rostos, cinco pretendentes ao cargo que Artur Neves deixará vago. A luta está animada e mais animada ficará na recta final da campanha. Trocam-se argumentos e propostas. Tenta-se convencer os indecisos. Oferecem-se brindes. As claques partidárias estão ao rubro. A democracia está a funcionar.
Na noite de um de Outubro, um novo presidente da Câmara Municipal de Arouca estará escolhido pelos arouquenses para os próximos quatro anos.
Parabéns ao vencedor e honra aos vencidos!

(texto publicado na edição impressa do RODA VIVA jornal de 2017.09.14)
 
Arouca

Segunda, 18 de Dezembro de 2017

Actual
Temp: 4º
Vento: ESE a 2 km/h
Precip: 0 mm
Céu Limpo
Ter
T 15º
V 2 km/h
Qua
T 13º
V 0 km/h
PUB.
PUB.
 
INQUÉRITO
Nas compras natalícias deste ano, pensa gastar...
 
 
A Frase...

"Temos levado o nome da nossa instituição cada vez mais longe"

Jorge Aido, presiente da Banda Musical de Figueiredo, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 25 visitantes online