JOÃO PEDRO BRANDÃO
 
Dia internacional parvo
 
OPINIÃO | Em muitos a razão original da sua celebração é totalmente adulterada | TEXTO COM MAIS DE 700 VISUALIZAÇÕES
 
Provavelmente já todos sentimos que, atualmente, todos, ou quase todos, os dias são dias de celebração de qualquer coisa. Numa pesquisa rápida pela internet percebemos que já são poucos os dias em que não se celebra qualquer coisa... Se o leitor tem em mente um bom motivo de celebração é melhor apressar-se, já não restam muitos dias que possa escolher no calendário... Quanto a temáticas, também já muitas estão ocupadas... Por exemplo: Dia Mundial os OVNI's (2 de Julho), Dia Geek (25 de Maio), Dia dos solteiros (11 de Novembro), Dia de Pensar, particularmente celebrado, claro está, pelos escuteiros (22 de Fevereiro), Dia do Hijab - típica veste associada ao islão (1 de Fevereiro) e, por fim, o meu preferido, o Dia da Marmota (2 de Fevereiro).
Exemplos mais estranhos à parte, em muitos destes dias celebram-se, sem dúvida, acontecimentos ou causas importantes. O Dia Internacional da Mulher é um bom exemplo pois celebra a luta e conquista de igualdade de direitos das mulheres, nomeadamente do direito ao voto.
O problema é que, por boas ou más razões, em muitos destes dias a razão original da sua celebração é totalmente adulterada. Também aqui o Dia Internacional da Mulher é um bom exemplo. Aquilo que devia ser a celebração da luta de mulheres proletárias pela igualdade de direitos transformou-se numa espécie de celebração duplamente contraditória.
Por um lado, esse dia celebra-se com o homem que oferece flores, faz o jantar, arruma a cozinha, dá os parabéns à mulher e, no fim do dia, mudo, suspira de alívio por apenas haver um dia internacional da mulher no ano. A mulher, por seu lado, sente que aquele é o dia de ser apaparicada e dá-se ao luxo de beneficiar de tal privilégio um dia que seja, pois no dia seguinte lá terá de voltar à sua rotina em que a partilha de tarefas é desequilibrada... Nada como um marido atencioso e compreensivo para lhe dar energia para enfrentar os restantes 364 dias do ano... Se o leitor acha este pequeno exemplo redutor desde já afirmo a minha absoluta concordância. Há mulheres e homens que assim não pensam e, claro está, muitas há que são solteiras ou divorciadas pelo que a elas não se aplica o exemplo. Mas concentremo-nos no exemplo concreto, haverá forma mais machista de celebrar o Dia da mulher?
Por outro lado, neste dia, é comum vermos desfilarem na televisão algumas estatísticas soltas sobre as desigualdades de género que persistem na nossa sociedade e posteriormente darmos ouvidos a algumas mulheres representantes de movimentos feministas, algumas compreendendo que o feminismo preconiza a igualdade de direitos entre homens e mulheres, mas muitas outras preconizando uma espécie de superioridade das mulheres face aos homens. Nesse dia, qualquer baboseira dita por uma mulher não pode ser criticada.
Qualquer crítica, seja de um homem ou de uma mulher, a uma qualquer expressão mais radical desses movimentos feministas, faz de quem a proferir um(a) machista inqualificável.
À falta de um antónimo para machismo na língua portuguesa, chamemos a isto super feminismo.
Conclusão, celebrar o dia Internacional da mulher significa, em muitos casos, ter uma atitude machista ou super feminista, sendo que ambas as atitudes são tomadas em prol do mesmo objetivo. É um paradoxo bastante parvo? É... Mas como é em celebração do dia internacional da mulher ninguém repara...


Comentários
 
 
Arouca

Segunda, 22 de Maio de 2017

Actual
Temp: 20º
Vento: N a 2 km/h
Precip: 0 mm
Céu Limpo
Ter
T 27º
V 5 km/h
Qua
T 29º
V 3 km/h
PUB.
PUB.
 
INQUÉRITO
O partido vencedor das eleições autárquicas 2017 em Arouca, a 1 de Outubro, ganhará a disputa com...
 
 
A Frase...

"Nas três paróquias há pessoas com uma entrega total"

Agostinho Watela, pároco das freguesias de Escariz, Fermedo e S.M. Mato, em declarações ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 24 visitantes online