JOSÉ CARLOS SILVA
 
A máquina do tempo
 
OPINIÃO | Realizaram-se já onze eleições locais em Arouca: o Partido Socialista venceu seis e o PSD cinco | TEXTO COM MAIS DE 700 VISUALIZAÇÕES
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
O assunto está na ordem do dia e não há forma de contorná-lo. São as "autárquicas" que se realizam lá mais para o final do ano que andam na boca do povo. As pessoas vão fazendo apostas e especulando em torno dessas eleições que marcam o início de uma nova era municipal, com a escolha de um novo presidente.
O PSD quer regressar ao poder que lhe escapa desde 1989 e o PS quer mantê-lo. É salutar e democrática esta ambição partidária.
Mas antes de abordarmos as eleições e os seus protagonistas deste ano mais detalhadamente (fica para uma próxima edição), vamos entrar na "máquina do tempo" e fazer uma retrospectiva dos diversos
actos eleitorais autárquicos que ocorreram desde o dia 12 de Dezembro 1976, data do primeiro sufrágio.
Até ao ano de 1982, os mandatos dos eleitos locais tinham a duração de três anos. Apenas a partir das eleições locais de 1985 os autarcas passaram a ser escolhidos por um período de quatro anos.
Realizaram-se já onze eleições autárquicas em Arouca, tendo o Partido Socialista vencido seis e o PSD cinco. O PSD venceu as primeiras quatro sempre com maioria absoluta (1976, 1979 1982 e 1985) e em 1989 com maioria relativa. O PS venceu cinco eleições com maioria absoluta (1993, 1997, 2001, 2009 e 2013) e em 2005 em minoria.
Coincidência, ou talvez não, nos dois momentos em que ambos os partidos ganharam com minoria foi precisamente com a mudança de protagonistas. Zeferino Brandão substituiu Joaquim Brandão de Almeida (PSD) em 1989 e Artur Neves sucedeu a Armando Zola (PS) em 2005.
Também é verdade que o PS só chega ao poder em 1993 graças à coligação PS com o PDA [lista independente], destronando o PSD da presidência, partido que nas eleições de 1989 já vinha em queda acentuada.
Depois há ainda o CDS. Os democratas cristãos tiveram uma representatividade significativa na Câmara e em várias Juntas de Freguesia no concelho até ao ano de 1989. Dois vereadores eleitos nas três primeiras eleições e um nas duas seguintes. Depois, a partir de 1993, perdeu espaço na autarquia e nunca mais conseguiu eleger um elemento.
O PCP, integrado na APU e depois CDU, obteve sempre resultados residuais em Arouca, com excepção das eleições de 2005, onde conseguiu conquistar 949 votos graças à figura do cabeça-de-lista da altura, o rossense Manuel Brandão, que tinha liderado a Câmara ribatejana de Coruche durante vários mandatos.
Mais dois dados curiosos a registar ocorreram nas eleições de 2005, altura em que Armando Zola saiu de cena e Artur Neves vai a votos para a autarquia. Esta contenda foi certamente a mais disputada de sempre. Pela primeira vez houve uma aliança à direita PSD/CDS/PPM e a novidade de uma lista independente, encabeçada por Vítor Brandão. Os resultados eleitorais confirmaram essa acesa disputa. O PS ganharia em minoria e os opositores elegeriam ambos dois vereadores.
Para análise e discussão, lanço ainda mais alguns dados pertinentes.
O PSD teve a sua maior votação de sempre em 1985 com 6356 boletins favoráveis. Por seu lado, PS conseguiu o maior registo em 2013 (8248 votos). Já o CDS conseguiu o seu melhor score em 1979 com 3359 votos.
Em sentido contrário, o PSD registou o seu pior resultado em 2009 (3022 votos), o PS em 1976 com 1104 votos e o CDS em 2013 arrecadou apenas 726 votos.
Estavam inscritos 14.972 arouquenses nos cadernos eleitorais nas primeiras autárquicas de 1976, enquanto nas últimas realizadas em 2013 esse número era de 20.909. A maior taxa de afluência às urnas aconteceu em 2001 (73,75%) e a menor foi em 1985 (67,58%).
A história permite-nos conhecer o passado para melhor compreendermos o presente e perspectivarmos o futuro. O desafio está lançado a todos os actores do próximo acto.
 
Arouca

Domingo, 23 de Julho de 2017

Actual
Temp: 21º
Vento: NNW a 5 km/h
Precip: 0 mm
Céu Limpo
Seg
T 24º
V 5 km/h
Ter
T 27º
V 3 km/h
PUB.
PUB.
 
INQUÉRITO
O FCA vai ser um dos principais candidatos à subida à 1ª Liga na próxima época?
 
 
PUB.
A Frase...

"A 1 de Outubro os arouquenses vão eleger cerca de duzentos autarcas e não apenas o presidente da Câmara"

Francisco Gonçalves (CDU), durante apresentação da sua candidatura à CMA

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 66 visitantes online