PRIMEIRA LIGA
 
FC Arouca 1-2 Boavista
 
Rafa Mújica
Vermelho aos 10 minutos traiu o poder de ganhar. Mújica marcou primeiro na partida
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
6ª jornada - 11 de Setembro 2022
Jogo no Estádio Municipal de Arouca.
Árbitro - João Gonçalves (AF Porto), auxiliado por Nuno Manso e Álvaro Mesquita.
VAR - Manuel Oliveira (AF Porto)
Espectadores: 1395

FC Arouca
- Zubas; Tiago Esgaio, João Basso, Opoku e Quaresma; Soro, David Simão (Busquets, 88) e Alan Ruiz (Sylla, 77); Bukia (Vitinho, 77), Arsénio (Antony, 64) e Mújica (Bruno Marques, 77).
Suplentes não utilizados: Arruabarrena, Galovic, Milovanov e Moses.
Treinador: Armando Evangelista

Boavista - César; Cannon (Salvador Agra, 45), Sasso e Rodrigo Abascal; Makouta, Sebastian Perez (Mangas, 88), Malheiro e Bruno Onyemaechi; Bruno Lourenço (Masa, 68), Gorré (Martin Tavares, 45) e Bozenik (Ibrahima, 79).
Suplentes não utilizados: Bracalli, Robson Reis, Filipe Ferreira e Luís Santos.
Treinador: Petit

Ao intervalo: 1-1
Marcador: 1-0 (Mújica, 27); 1-1 (Sasso, 31); 1-2 (Martim Tavares, 70).


Vermelho aos 10 minutos traiu o poder de ganhar

Boa entrada do Arouca no jogo, mas aos 10 minutos o médio Soro praticou uma entrada dura sobre Makouta e João Gonçalves mostrou-lhe o cartão vermelho directo. Começava aí uma tarde de longo e inesperado sacrifício para a equipa arouquense. Num contexto de inferioridade numérica na equipa da casa, o jogo teve rápidos desenvolvimentos. Aos 27', Esgaio desmarcou Mújica e o avançado isolou-se para fazer o 1-0. Animou-se o Municipal de Arouca, mas, 4 minutos depois, Sasso, junto ao segundo poste, encostou de cabeça para o empate. Acabou assim uma primeira parte em que o Arouca baixou as linhas e tirou espaço aos axadrezados, enquanto ia ensaiando várias transições que surpreendessem as panteras do Bessa.

Mais do mesmo

Ao intervalo, Petit lançou Martim Tavares e Salvador Agra no jogo. Contudo, muito organizada, a equipa arouquense foi consentindo o domínio, mas não as oportunidades aos axadrezados. Até que, aos 70', o colombiano Sebastian Perez atirou de longe para grande defesa de Zubas para canto, do qual resultaria o 2-1 de Martim Tavares, que emendou à boca da baliza a bola largada pelo guardião. Entretanto, o árbitro João Gonçalves continuou em foco e após revisão suscitada pelo VAR realizou a segunda expulsão no Arouca, ao trocar o amarelo pelo vermelho a Opoku por falta sobre Martim. Estava-se no minuto 84. Pouco depois, o jogo não acabaria sem outra expulsão, a do director desportivo do FCA, Joel Pinho. Estava feita uma tarde em que João Gonçalves pintou Arouca de vermelho. Já no tempo de compensação, Bruno Marques fez o que seria o golo do empate, mas a revisão do lance detectou o fora-de-jogo do avançado. Vitória feliz dos homens do Bessa sobre um Arouca de qualidade e que lutou até onde pôde. 2022-09-11 MMS (fotos: Avelino Vieira)


SALA DE IMPRENSA >>>

Armando Evangelista (treinador do FC Arouca): «Apesar do resultado, tenho de estar satisfeito com aquilo que produzimos. Se não fosse esse factor da desvantagem numérica, talvez estivéssemos a falar noutro resultado. Na maior parte do jogo não se notou a inferioridade. Os jogadores deram tudo ao jogo. [Quanto às expulsões] Não discuto os vermelhos, mas os critérios ao longo do jogo. Era necessário uniformizar os critérios disciplinares, dá-me a sensação de que não são uniformes para todas as equipas. Não me quero alongar sobre isso, pois teríamos muitos casos para escrutinar e também para não virem dizer que são desculpas. [Quanto ao meio-campo, com menos uma unidade] A exibição foi fantástica, o David e o Alan recuperaram muitas bolas e têm critério na saída a jogar.»

Petit (treinador do Boavista): «Foi uma vitória sofrida, mas merecida. Mudei ai intervalo com as entradas do Martim e do Salvador para termos mais capacidade ofensiva e presença na área. O Arouca baixou o bloco e não é fácil criar situações de golo mas, contra nove, podíamos ter conseguido mais ocasiões de golo. Estamos a trabalhar para crescer e o mais importante foram os três pontos.»

LIGA BWIN
6ª jornada
V. Guimarães 1-0 Santa Clara
Famalicão 0-1 Benfica
Sporting 4-0 Portimonense
FC Porto 3-0 Chaves
Paços de Ferreira 2-3 Casa Pia
FC Arouca 1-2 Boavista
Marítimo 1-2 Gil Vicente
Rio Ave - SC Braga (20h30)
Segunda-feira
Vizela - Estoril (20h15)

PRÓXIMOS JOGOS FCA
7ª jornada, domingo, 18 Setembro
FCA - V. Guimarães (15h30)
Paragem, 25 Setembro
(Selecções AA e Sub-21)
8ª jornada, domingo, 2 Outubro
Paços de Ferreira - FCA (18h00)
9ª jornada, 2ª feira, 10 Outubro
FCA - Famalicão (20h15)
Taça de Portugal, domingo, 16 Outubro
(3ª eliminatória, já com equipas da Liga)
10ª jornada, domingo, 23 Outubro
Marítimo - FCA (15h30)
11ª jornada, sábado, 29 Outubro
FCA - Sporting (20h30)

 
Arouca

Sábado, 24 de Setembro de 2022

Serviço temporariamente indisponível!

PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"A maior casa monástica era a de Arouca, para onde se deslocavam inúmeras jovens da alta linhagem do reino"

Helena Cruz Coelho, na apresentação do Diplomatário do Mosteiro de Arouca

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 73 visitantes online