ASSOCIATIVISMO
 
Tribunal já decidiu: apenas a lista de Carlos Pinho vai a votos no FCA
 
Carlos Pinho vai regressar aos destinos do clube que abandonou em Maio
Presidente demissionário tem caminho aberto para novo mandato
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
A lista B, liderada por Carlos Pinho, é a única concorrente à eleição dos novos órgãos sociais do FC Arouca. A decisão é do Tribunal Judicial de Arouca, em sentença proferida ontem, segunda-feira, em que julga improcedente o procedimento cautelar da lista A para decretar a suspensão da decisão da Comissão Eleitoral e dá plena razão a esta Comissão, presidida por José Luís Alves, considerando que procedeu correctamente ao respeitar os estatutos do clube e a lei em todo o processo, quando deliberou pela exclusão da lista (A) liderada por António Matos, por esta integrar vários elementos que não reuniam os requisitos estatutários para usufruírem do estatuto de sócio, e mesmo para apresentarem a referida providência cautelar.

Dia da eleição a agendar brevemente

Com esta deliberação final, fica aberto o caminho para a marcação do acto eleitoral que devia ter sido realizado em 29 de Junho e que fora suspenso graças à providência cautelar apresentada pela lista A no Tribunal de Arouca, alegando legitimidade para ir a votos. Dado que a sentença é definitiva e, portanto, não passível de recurso, a Comissão Eleitoral brevemente diligenciará para o prosseguimento e conclusão do processo eleitoral que definirá a data da realização do acto eleitoral a que apenas se apresentará a lista B, encabeçada por Carlos Pinho, presidente demissionário que, após catorze anos na liderança do clube, renovou a vontade de ir a votos para um novo mandato de mais três anos (2019/2022), conforme determinam os estatutos. Até à realização da eleição e tomada de posse dos novos órgãos sociais ratificados pelos sócios, a Comissão de Gestão continuará provisoriamente a administrar a vida do clube. Esta comissão, presidida por Joel Pinho, pronunciou-se sobre o resultado judicial, congratulando-se, em comunicado na página electrónica do clube, com a deliberação do Tribunal Judicial de Arouca, reiterando que "a decisão da Comissão Eleitoral em não aceitar aquela lista foi legal", e que "a defesa dos interesses da instituição e dos seus sócios está, e estará, sempre em primeiro lugar." O candidato da lista A, António Matos, já reagiu à sentença judicial, afirmando que vai reunir com a equipa que o acompanhava na candidatura à gestão do clube, prometendo, ainda, que "jamais desistirá do FC Arouca, clube que lhe diz muito, não só pela terra como pelo seu passado". 2019-09-17 MS/RV
 
Arouca

Quarta, 23 de Outubro de 2019

Actual
Temp: 14º
Vento: NNW a 6 km/h
Precip: 0.6 mm
Aguaceiros
Qui
T 14º
V 3 km/h
Sex
T 17º
V 3 km/h
PUB.
PUB.
 
PUB.
 
A Frase...

"Espero que os pais dos atletas sejam exemplos de 'fair-play' dentro e fora do campo"

Pedro Cirne, presidente da UD Fermedo, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 31 visitantes online