ASSOCIATIVISMO
 
Futebol Clube de Arouca procura soluções para a crise
 
FCA já viveu momentos de glória
Assembleia Geral esta sexta-feira vai decidir os casos pendentes no clube e SDUQ
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
O FC Arouca agendou para amanhã, sexta-feira, uma Assembleia Geral Extraordinária para tratar dos assuntos urgentes decorrentes do vazio directivo provocado pela demissão da direcção do clube e dos administradores da sociedade desportiva (FCA SDUQ). Recorde-se que logo após o fim do campeonato, e a descida de divisão, foi avançada a notícia da insolvência da sociedade desportiva que gere o futebol profissional, facto que foi desmentido pela administração da FC Arouca SDUQ, que emitiu de imediato um comunicado (21 de Maio) de esclarecimento da situação e referindo que "com maior ou menor dificuldade, sempre nos esforçámos para cumprir com todas as obrigações que assumimos". Conforme foi noticiado pelo RODA VIVA, a direcção e os administradores da sociedade desportiva apresentaram três dias depois (24 Maio), ao presidente da Assembleia Geral, uma carta de demissão em bloco, alegando razões de "ordem pessoal" para renunciarem ao cargo quando faltava ainda um ano para o cumprimento integral do mandato para que tinham sido eleitos. Face ao vazio directivo, nesta altura é a Mesa da Assembleia Geral, presidida por José Luís Silva, que tem sobre os ombros a tarefa de dar seguimento aos processos que visam a resolução da crise que afecta o clube mais representativo do concelho. Assim, e depois de já ter anunciado, publicamente, em conferência de imprensa de 25 de Maio, as demissões dos dirigentes, a liderança da Assembleia Geral convocou para esta sexta-feira uma sessão extraordinária, que terá lugar nas instalações do Estádio Municipal, às 21h00.

Encontrar a comissão de gestão e, no final do mês, eleger uma direcção

Da ordem de trabalhos da reunião constam as comunicações de renúncia aos cargos da direcção do clube e da gerência da SDUQ, a proposta de criação de uma comissão de gestão para a direcção do clube e da SDUQ, a marcação de eleições, o ponto da situação financeira da SDUQ e a proposta de um PER (processo especial de revitalização) por parte da SDUQ, que na época anterior acumulava um passivo de cerca de 600 mil euros, estando ainda por apresentar as contas referentes à época que agora termina. Por forma a cumprir o consignado nos estatutos no que respeita à organização e calendarização, o acto eleitoral deverá ter lugar no próximo dia 29 de Junho, segundo informação já veiculada pelo presidente da AG, José Luís Silva. Sendo que a simples condição de adepto não é suficiente para legitimar a intervenção e a votação no âmbito dos assuntos da associação desportiva do FC Arouca, aguarda-se com expectativa a representação efectiva dos sócios do FC Arouca na Assembleia Geral da próxima sexta-feira, no contexto de uma tradição de elevadíssima ausência dos associados em todas as Assembleia Gerais, apesar da chegada do clube às competições do futebol profissional. Na direcção do clube desde 2006, Carlos Pinho demitiu-se do cargo a um ano do final do sexto mandato consecutivo. Despromovido da II Liga, o FC Arouca SDUQ tem como horizonte disputar o terceiro escalão do futebol português, na próxima edição do Campeonato de Portugal da FPF. 2019-06-06 MMS/RV
 
Arouca

Terça, 20 de Agosto de 2019

Actual
Temp: 15º
Vento: NE a 2 km/h
Precip: 0 mm
Céu Limpo
Qua
T 27º
V 2 km/h
Qui
T 30º
V 5 km/h
PUB.
PUB.
 
INQUÉRITO
Arouca está bem representada nas listas de candidatos às Eleições Legislativas?
 
 
A Frase...

"A prevenção é decisiva no combate aos incêndios"

José Manuel Gonçalves, comandante dos BVA, em entrevista ao RV

PUB.
EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 30 visitantes online