FUTEBOL
 
CRISE FCA: Direcção do FC Arouca demite-se em bloco
 
Carlos Pinho apresenta demissão com passivo nas contas
Saída de Carlos Pinho acontece num cenário contabilístico de contas negras: do ano anterior já vem um passivo de quase 600 mil euros
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Carlos Pinho deixou a presidência do FC Arouca. O dirigente, que ocupa o cargo desde 2006, comunicou ao presidente da Mesa da Assembleia Geral (AG), José Luís Silva, a decisão de abandonar a direcção do clube, acto que foi tomado por todo o elenco directivo. Eleito em Junho de 2017 para um sexto mandato de mais três anos, a direcção tinha mais um ano para cumprir apesar da queda do clube da II Liga Profissional ao Campeonato de Portugal. A informação foi dada esta tarde em conferência de imprensa anunciada pela mesa da AG do FC Arouca.
Chegaram ontem, sexta-feira, à Mesa da AG duas cartas de demissão, uma assinada pelos nove membros da direcção do clube, e outra com a renúncia dos administradores da SDUQ (Carlos Pinho, Paulo Cerqueira e Joel Pinho). Em ambas são invocadas «razões de ordem pessoal» para a decisão drástica, num cenário contabilístico de contas negras para a sociedade desportiva que gere o FC Arouca: do ano anterior já vem um passivo de quase 600 mil euros.

Do comunicado à saída dos dirigentes

A notícia de fechar o atendimento a jogadores (e no dia seguinte à equipa técnica) e de um eventual pedido de insolvência da sociedade desportiva motivaram um desmentido da gerência da FC Arouca SDUQ que, na última terça-feira, 21 de Maio, anunciava que "a estrutura da FC Arouca S.D.U.Q. encontra-se num período de reflexão com vista a analisar a passada época desportiva", referindo, ainda, que "com maior ou menor dificuldade, sempre nos esforçámos para cumprir com todas as obrigações que assumimos", lia-se no comunicado chegado às redacções. Nesse mesmo dia 21, RODA VIVA tinha contactado o presidente da AG, tendo o mesmo informado que até àquela data nenhum pedido de demissão tinha dado entrada naquele órgão social. Hoje, sábado, a situação alterou-se e confirma-se que a direcção do FC Arouca está demissionária.

Assembleia Geral a 7 de Junho

Foi também anunciada a marcação de uma Assembleia Geral de sócios para 7 de Junho, onde se decidirá pela constituição de uma comissão de gestão para manter o clube até 29 de Junho (dia em que estão previstas novas eleições). 2019-05-25 RV

 
Arouca

Domingo, 05 de Julho de 2020

Actual
Temp: 30º
Vento: ESE a 2 km/h
Precip: 0 mm
Céu Limpo
Seg
T 32º
V 2 km/h
Ter
T 31º
V 2 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Não é fácil reerguer o FC Arouca"

José Luís Alves, presidente AG do FCA, durante a última Assembleia Geral do clube

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 15 visitantes online