SEGUNDA LIGA
 
FC Arouca 1-1 Sp. Covilhã
 
Deyvison e Ericson
Empate caseiro faz a equipa escorregar para zona perigosa da classificação. Fábio Fortes marcou em tempo de descontos
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
29.ª jornada - 14 Abril 2019
Jogo no Estádio Municipal de Arouca - Espectadores: 803
Árbitro - Manuel Mota, auxiliado por Jorge Fernandes e Valdemar Maia (AF Braga).

FC Arouca
- Stefanovic; Benny, Pedro Pinto, Deyvison; Adílio, Ericson, Bruno Alves (Breitner, 72'), Bukia, Toni Correia (Arteaga, 64'); Willian (Malele, 57') e Fábio Fortes.
Suplentes não utilizados: Rui Vieira, Thales, Soares e Lumu.
Treinador: Quim Machado

SC Covilhã - São Bento; Tiago Moreira, Zarabi, Jaime, Henrique Gomes; Rodrigues, Gilberto, Adriano (Semedo, 76'), Diego Medeiros (Bonani, 67'); Mica e Kukula (Deivison, 61').
Suplentes não utilizados: Igor, João Cunha, Jean Batista e Zé Pedro.
Treinador: Filipe Rocha ‘Filó'

Ao intervalo: 0-0
Marcador: 0-1 (Mica, 88'); 1-1 (Fábio Fortes, 90').

Fortes, abono do ataque, evitou mal maior

Dois golos na parte final do encontro deram algum relevo a um jogo em que as balizas tiveram tarde quase descansada, tal foi a escassez de situações de perigo. Perto da zona perigosa, o FC Arouca mais uma vez não conseguiu dar o salto, não indo além da conquista de um dos três pontos em jogo. Um jogo de "equipas encaixadas", muita circulação de bola de parte a parte mas sem agressividade atacante. A condução de jogo ia até vinte metros das balizas mas aí quase tudo parava no território das defesas. Catorze remates (7+7), trinta e seis faltas (21+15) e nove cartões amarelos (6+3) dizem muito do pouco que rendeu a partida. Na primeira parte, apenas registo para dois lances vistosos. Aos 22', um centro de Bukia para a emenda de Fortes, mas o golo foi evitado pelo corte defensivo. Aos 39', Diego Medeiros serve de bandeja Adriano mas este desperdiça sobre a barra. O que viria na segunda parte era uma incógnita. Certas começaram as alterações vindas do banco, no sentido de dar outro andamento ao jogo. Foi a fase de maior domínio territorial do FC Arouca e que obrigou o Covilhã a resguardar-se mais no seu meio-campo e a jogar no contra-ataque, estratégia que, aos 58', colocou Adriano frente a uma boa defesa de Stefanovic. O FC Arouca voltou à carga, mas faltava muito maior intensidade para quebrar o reduto fechadinho dos leões da Estrela. Até que, sem mais esperança, o jogo animou em dois instantes. O desaire absoluto dos arouquenses esteve à vista quando Mica escapou à defesa e rematou seco para a baliza aos 88'. A vitória forasteira parecia estar na mão mas o "milagre" ocorreu ao minuto 90, quando o caboverdiano Fábio Fortes (abono do ataque nos últimos jogos) em vez de segurar a bola se decidiu por um remate cruzado e rasteiro para o empate que amenizou a tristeza em Arouca. 2019-04-14 Manuel Matos Sousa


29ª jornada
Braga B 0-1 Cova da Piedade
UD Oliveirense 1-2 Benfica B
Famalicão 2-0 Académica
FC Porto B 1-1 Paços Ferreira
Acad. Viseu 5-2 V. Guimarães B
Farense 3-1 Estoril
FC Arouca 1-1 SC Covilhã
Leixões 1-0 Mafra
Penafiel 2-0 Varzim

PRÓXIMOS JOGOS FCA
30.ª jornada (sábado 20/04)
V. Guimarães B - FCA (18h00)
31.ª jornada (28/04)
FCA - Paços de Ferreira
32.ª jornada (05/05)
Farense - FCA
33.ª jornada (12/05)
FCA - Estoril
34.ª e última jornada (19/05)
UD Oliveirense - FCA


 
Arouca

Terça, 18 de Junho de 2019

Actual
Temp: 12º
Vento: SSE a 2 km/h
Precip: 0 mm
Muito Nublado
Qua
T 20º
V 5 km/h
Qui
T 19º
V 3 km/h
PUB.
PUB.
 
PUB.
INQUÉRITO
Vai participar no programa "A História de um Convento" que decorre em Arouca de 12 a 21 de Julho?
 
 
A Frase...

"É fundamental organizar o espaço, pensar o palco da vida individual e comunitária"

Sérgio Costa, jovem arquitecto arouquense galardoado com prémio da Universidade do Porto, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 29 visitantes online