SEGUNDA LIGA
 
FC Arouca 0-1 Nacional
 
Salles
Equipa arouquense despede-se dos jogos caseiros com nova derrota. Subida de divisão fora de hipóteses
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site

37.ª jornada - 6 Maio 2018
Jogo no Estádio Municipal de Arouca - Espectadores: 1050
Árbitro - Bruno Paixão, auxiliado por Venâncio Tomé e Rodrigo Pereira (AF Setúbal).

FC Arouca - Bracali; João Amorim, Nuno Coelho, Deyvison e Vítor Costa; Bruno Alves, Nuno Valente (Lúcio Maranhão, 81') e Palocevic; Erick Salles (Areias, 63'), Bukia (Ernest, 72') e Roberto.
Suplentes não utilizados: Gasparotto, Benny, Jeffre Vargas e Ericson.
Treinador: Miguel Leal

Nacional - Fremelim; Nuno Campos, Diogo Coelho, Júlio César (Diego Silva, 87') e Elízio; Cristian, Kaká (Edgar Abreu, 65'), Murilo e Witi (Diego Medeiros, 72'); Vítor Gonçalves e Ricardo Gomes.
Suplentes não utilizados: Gauther, Rochez, Plange e Mateus Silva.
Treinador: Costinha

Ao intervalo: 0-1
Marcador: 0-1 (Ricardo Gomes, 4')

Campeão liquidou todas as aspirações do Arouca

No jogo de todas as decisões para o FC Arouca, Ricardo Gomes fez jus ao estatuto de melhor marcador do campeonato e rubricou o golo da vitória que liquidou todas as aspirações dos arouquenses e agendou cedo a enorme festa dos madeirenses para o final do encontro. O FC Arouca ainda sonhava mas o jogo começou da pior forma e virou pesadelo quando o dinâmico avançado do Nacional aproveitou da melhor forma um deslize de Bruno Alves e se acercou da baliza para bater Bracali aos 4'. Rejubilaram os cerca de três centenas de apoiantes do clube madeirense, que somou o 15.º jogo consecutivo sem perder. O FC Arouca, quase sempre pela batuta de Palocevic, ainda reagiu bem nos primeiros vinte e cinco minutos mas a coesão da formação insular nunca abriu brechas, deixando os arouquenses quase sempre afastados da zona de perigo para o estreante guardião Fremelim. Foi até do Nacional outra grande oportunidade para dilatar o marcador, mas Witi (25') não aproveitou para matar o jogo frente ao seguro Bracali, o melhor do Arouca ao longo dos noventa minutos. A primeira metade já tinha passado e o FC Arouca precisava de impor outro andamento. Tentou-o nos primeiros minutos do segundo tempo com algumas jogadas bem ensaiadas que, contudo em nada resultaram. Diogo Coelho e Nuno César mandavam na grande área e o bem povoado meio-campo insular trabalhava no encurtamento de espaços e de linhas de passe. Miguel Leal foi reforçando a linha dianteira, mas sem efeitos práticos. Tranquilos e confiantes no título, os jogadores de Costinha controlavam as operações e ainda construíram as melhores oportunidades de golo. Aos 52', Kaká isola-se e mais uma vez Bracali fez a mancha evitando o pior para a sua baliza, grande intervenção do guarda-redes que voltou a repetir-se aos 77' diante de Murilo. Cada vez mais descente na alteração dos acontecimentos, o FC Arouca mostrou a melhor ocasião de golo num livre directo de Nuno Valente (79') que Fremelim superiormente desviou para canto. Sem argumentos para destronar o seu adversário, o FC Arouca pouco mais conseguiu, salvando-se ainda do segundo golo numa boa combinação que terminou no remate de Ricardo Gomes ao poste esquerdo da baliza de Bracali. Num jogo relativamente morno face aos objectivos em causa, a equipa de Francisco Costa acabou por justificar o triunfo face a um Arouca de boa circulação mas sem fogo na frente do ataque. 2018-05-06 MMS


SALA DE IMPRENSA >>>

MIGUEL LEAL FALTOU À CONFERÊNCIA DE IMPRENSA
O treinador do FC Arouca, Miguel Leal, não compareceu na Sala de Imprensa.
Minutos antes, no flash interview, deixara mensagem de suposta continuidade, referindo-se à construção de um projecto de equipa mais sustentado para atacar a subida na próxima época. As declarações não tiveram continuidade, dada a ausência da equipa técnica na conferência de imprensa do final do jogo.

Costinha (treinador do Nacional): "Estou extremamente feliz, como é óbvio. Quero agradecer ao presidente e à direcção por terem acreditado na qualidade deste treinador e não por ser amigo do Jorge Mendes. A nossa entrada no jogo foi muito forte e depois tivemos várias ocasiões de golo. Um título de campeão é sempre muito bom. O Nacional é uma equipa a sério. Não foi um processo fácil porque a minha forma de jogar obriga a correr riscos, mas por isso é que temos 45 golos sofridos, mas temos 72 marcados."

37ª jornada
Penafiel 0-1 Acad. Viseu
Académica 1-2 Cova Piedade
FC Porto B 3-2 Famalicão
FC Arouca 0-1 Nacional
Braga B 1-1 Benfica B
Gil Vicente 0-1 Covilhã
Santa Clara 3-0 Real
V. Guimarães B 0-1 Sporting B
Leixões 0-1 Oliveirense
U. Madeira 2-1 Varzim

38.ª e última jornada (13 Maio)
Varzim - Académica
Nacional - V. Guimarães B
Acad. Viseu - Santa Clara
Oliveirense - FC Arouca
Covilhã - Penafiel
Sporting B - Braga B
Real - Gil Vicente
Benfica B - FC Porto B
Famalicão - Leixões
Cova Piedade - U. Madeira

 
Arouca

Quarta, 26 de Setembro de 2018

Actual
Temp: 30º
Vento: SSW a 3 km/h
Precip: 0 mm
Pouco Nublado
Qui
T 28º
V 0 km/h
Sex
T 28º
V 2 km/h
PUB.
PUB.
 
INQUÉRITO
Com a proposta do governo de reverter as agregações das freguesias, as uniões feitas no concelho de Arouca devem...
 
 
A Frase...

"Pretendemos manter as dinâmicas de trabalho, participar em projectos e proporcionar aos alunos um ensino de qualidade"

Adília Cruz, directora do AE Arouca, em declarações ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 43 visitantes online