PRIMEIRA LIGA
 
V. Guimarães 1-0 FC Arouca
 
Crivellaro
Equipa orientada por Jorge Leitão esteve perto de pontuar mas golo adversário desequilibrou. Manutenção continua por fechar | NOTÍCIA COM MAIS DE 1000 VISUALIZAÇÕES
 
   Mais fotos
32.ª jornada - 7 Maio 2017
Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães - Espectadores: 26892
Árbitro - Gonçalo Martins (AF Vila Real), auxiliado por Bruno Trindade e Luís Freitas.

V. Guimarães - Douglas; Bruno Gaspar, Josué, Pedrão e Konan; Zungu (Pince, 91') e Rafael Miranda; Marega, Hurtado (Raphinha, 59') e Hernâni (Celis, 80'); David Teixeira.
Suplentes não utilizados: Miguel Silva, Tozé, Sturgeon e Rafael Martins.
Treinador: Pedro Martins

FC Arouca - Rui Sacramento; Anderson Luís; Hugo Basto, Jubal e Vítor Costa; André Santos, Adilson (Gilson, 85') e Nuno Valente; Artur (Walter, 85') e Crivellaro (Sancidino, 70'); Tomané.
Suplentes não utilizados: Bolat, Nelsinho, Velazquez e Mateus.
Treinador: Jorge Leitão

Ao intervalo: 0-0
Marcador: 1-0 (Marega, 76')

FCA com contas adiadas para sábado

Ainda não foi desta que o FC Arouca pousou de vez a calculadora da manutenção. Num estádio engalanado por cerca de 27 mil adeptos entusiastas, o maliano Moussa Marega foi novamente protagonista ao apontar o único golo que confirmou a boa época da equipa de Pedro Martins, já com lugar assegurado na fase de grupos da Liga Europa. Sabendo do objectivo em jogo, o FC Arouca procurou gerir com rigor a estratégia montada para assegurar pelo menos o ponto necessário à tranquilidade e, não obstante a maior posse de bola dos donos da casa, deu quase sempre a sensação de poder sair do D. Afonso Henriques com um resultado positivo. Em estilo de futebol apoiado e de linhas relativamente baixas, o FC Arouca deixou correr o tempo controlando sem grandes dificuldades a lentidão de processos com que os conquistadores se apresentaram na primeira parte. Dois cabeceamentos de Tomané (5' e 10') em dia de regresso a casa que bem conhece e uma defesa inspirada de Rui Sacramento num remate de Marega (26') foram os lances mais vistosos perto das balizas. A primeira parte decorrera morna como a tarde soalheira que envolvia a cidade e a segunda começou com outra embalagem. Artur aos 7' remata fraco quando estava em boa posição e na resposta (10') o trinco brasileiro Rafael Miranda emenda sobre a barra mais uma subida do lateral Bruno Gaspar. Ainda aos 18', foi do Arouca boa oportunidade mas o cabeceamento de Adilson saiu sem direcção num livre cobrado por Artur. A partir daqui passou-se a cerca de meia hora de domínio territorial e ascendente dos homens de Pedro Martins. O FC Arouca refugiou-se mais atrás, como que acreditando que Jubal, Vitor Costa, André Santos, Adilson e companhia seriam capazes de manter durante o tempo restante a proximidade e a coesão protectora da rede de Sacramento. Risco calculado mas também isco atractivo para o Vitória, que, sob a batuta do sul-africano Zungu, acreditou que alguma das suas crescentes envolvências do ataque haveria de dar golo. E deu mesmo, com assinatura de Marega, após boa defesa de Rui Sacramento a um remate de Hernâni. Quase estranguladas aqui as expectativas arouquenses, Sancidino foi lançado no jogo para agitar nos corredores, deixando boa impressão num tempo curto para mais. Já com Gilson e Walter em campo apenas na recta final, saiu de Jubal o último suspiro, num remate cruzado que assustou o guardião Douglas. Arbitragem sem problemas num jogo que marcou a 18ª derrota dos arouquenses, com um registo de apenas cinco pontos nas últimas onze jornadas, as da era pós-Vidigal. Segue-se a recepção ao Tondela para o FC Arouca fazer definitivamente as pazes com a matemática, em que está envolvido também o Moreirense. 2017-05-07 Manuel Matos Sousa


Pedro Martins (treinador do V. Guimarães): "Na primeira parte não fomos rápidos nem tivemos segurança na posse, apanhámos sempre o Arouca em bloco muito baixo, o que dificultou a nossa tarefa. Na segunda parte acho que fizemos um jogo bem conseguido. Com o estádio lotado, acho que foi uma óptima tarde."

Jorge Leitão (treinador do FC Arouca): "Trabalhámos muito para pontuar, não conseguimos, mas estou contente com a prestação dos jogadores pelo que fizeram. O Vitória foi mais feliz ao chegar ao golo. Temos mais dois jogos para conseguir atingir o objetivo. Estamos à frente [do Tondela] e acredito que vamos atingir os nossos objectivos."

32.ª jornada:
Moreirense 2-1 SC Braga
Boavista 2-2 Nacional
P. Ferreira 0-1 Feirense
Marítimo 1-1 FC Porto
Sporting 1-3 Belenenses
Tondela 2-1 V. Setúbal
V. Guimarães 1-0 FC Arouca
Rio Ave 0-1 Benfica
Estoril 2-1 Chaves

33.ª jornada:
Sexta-feira - 12/05
Belenenses - Moreirense (20h30)
Sábado - 13/05
FC Arouca - Tondela (16h00)
Benfica - V. Guimarães (18h15)
Feirense - Sporting (20h30)
Domingo - 14/05
Marítimo - Estoril (16h00)
Chaves - Rio Ave (16h00)
FC Porto - P. Ferreira (18h00)
SC Braga - Nacional (20h15)
Segunda-feira 15/05
V. Setúbal - Boavista (20h00)

PRÓXIMOS JOGOS FCA
33.ª jornada (sábado - 13/05)
FC Arouca - Tondela (16h00)
34.ª jornada (21/05-provisório)
Estoril - FC Arouca (1600)
FIM DO CAMPEONATO



Comentários
 
 
Arouca

Sexta, 26 de Maio de 2017

Actual
Temp: 21º
Vento: W a 3 km/h
Precip: 0.3 mm
Chuva
Sáb
T 23º
V 3 km/h
Dom
T 18º
V 5 km/h
PUB.
PUB.
 
INQUÉRITO
O partido vencedor das eleições autárquicas 2017 em Arouca, a 1 de Outubro, ganhará a disputa com...
 
 
A Frase...

"Nas três paróquias há pessoas com uma entrega total"

Agostinho Watela, pároco das freguesias de Escariz, Fermedo e S.M. Mato, em declarações ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 50 visitantes online