SOCIEDADE
 
UDF solidária com Centro Social de Fermedo, Escariz e Mato
 
Pedro Cirne, presidente da UDF, e Elsa Martins presidente do Centro Social, salientaram a importância da cooperação entre as instituições da freguesia
Clube realizou recolha de bens para IPSS que é “referência” no ocidente concelhio. Acção também fez parte do processo de certificação como “entidade formadora”
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
A União Desportiva de Fermedo (UDF) realizou, no dia 12 deste mês e também no passado fim-de-semana, uma "acção de solidariedade" em favor do Centro Social e Cultural de Fermedo, Escariz e Mato.
Nesses dias de futebol no Parque Desportivo de Fermedo, o "bilhete" de entrada nos jogos disputados foram artigos alimentares não-perecíveis ou produtos de higiene e limpeza.
Pedro Cirne, o presidente da UDF, salientou que a iniciativa visou dar continuidade a "um trabalho social" que o clube "quer desenvolver". Fez notar que aquela IPSS serve três freguesias e que os jogadores do grémio são originários não só de Fermedo, mas também de São Miguel do Mato e de Escariz.
O dirigente sublinhou a importância de trabalhar com o Centro Social, que designou como "uma instituição de referência desta zona do concelho" de Arouca.
"Juntámos ao útil ao agradável", enfatizou, com nota de que a Acção de Solidariedade também serviu para a União Desportiva de Fermedo "cumprir alguns dos pré-requisitos necessários à certificação como entidade formadora".
Explicou que o clube está certificado, pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF), há duas épocas desportivas: na época passada ostentou "duas estrelas", enquanto na corrente temporada orgulha-se das "três estrelas" conquistadas.
Dando nota de que já se iniciou o processo para manter as "três estrelas" na época de 2023/2024, Pedro Cirne assinalou que "tem a ver com a envolvência do clube, abrangendo várias áreas", designadamente "os recursos humanos, a parte médica, as condições de trabalho, as convocatórias para as selecções distritais, o método de treino e número de treinadores e até o clube estar dotado de um desfibrilhador"... Está em causa o cumprimento de "muitos parâmetros, ligados a toda a organização".
Elsa Martins, a presidente do Centro Social de Fermedo, Escariz e Mato, agradeceu o apoio do clube, sublinhando que, para a instituição social, "todos os donativos são bem-vindos", para mais quando a instituição se prepara para construir uma Estrutura Residencial Para Idosos (ERPI). Considerou, ainda, que a cooperação entre as instituições da freguesia "é fundamental".
Na actualidade a UDF conta com equipas em todos os escalões futebolísticos de formação: Petizes e Traquinas, Benjamins, Infantis, Iniciados, Juvenis e Juniores.
Em fase de projecto está a desejada intervenção no parque de jogos situado no lugar de Resumil, para construir mais dois balneários para equipas, balneário para árbitros, zona de arrumos, sala polivalente e gabinete de fisioterapia, "estruturas básicas para o sucesso".
O presidente informou que o projecto - que exigirá um investimento entre 100.000 e 120.000 euros - "já está na Câmara de Arouca". A aguardar que sejam desbloqueadas "questões burocráticas" relacionadas com Plano Director Municipal (PDM).
"Estamos à espera que as entidades competentes resolvam", vincou Cirne, salientando que o grémio fermedense tem feito por sensibilizar "as forças políticas" no concelho para a importância desta obra. AOS/RV 2022-11-21
 
Arouca

Terça, 29 de Novembro de 2022

Serviço temporariamente indisponível!

PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Quero ser sepultado com a farda dos Bombeiros Voluntários de Arouca"

Arlindo Soares, primeiro instrutor dos BVA, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | visitantes online