SOCIEDADE
 
ANACOM identifica em Arouca 2034 alojamentos sem disponibilidade de 'internet' de alta velocidade
 
Extracto do mapa da ANACOM com as "áreas brancas" em Arouca
Parte considerável do concelho está classificada como “área branca”
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
A entidade de regulação das redes de comunicação em Portugal, a ANACOM, está a promover desde o dia 26 de Outubro, e até 12 de Dezembro, «uma consulta pública relativa à implantação de redes públicas de comunicações electrónicas de capacidade muito elevada nas "áreas brancas", com recurso a financiamento público, designadamente da União Europeia», revela a instituição no seu sítio electrónico.
A presente consulta pública visa obter o contributo por parte de todos os intervenientes e interessados, nomeadamente autarquias locais, operadores de rede e prestadores de serviços de comunicações electrónicas, entidades privadas e públicas e utilizadores, sobre a designação preliminar das "áreas brancas" (áreas geográficas onde actualmente não estão disponíveis as referidas redes) e sobre a medida de implantação de redes de capacidade muito elevada nessas áreas com recurso a financiamento público, bem como sobre o preconizado nas peças dos procedimentos concursais a realizar.
Para o efeito, são objecto de consulta pública os seguintes documentos: a metodologia para a definição das "áreas brancas", assim como o acesso ao endereço do respectivo mapa digital; o programa do concurso público para instalação, gestão, exploração e manutenção de redes de capacidade muito elevada; o caderno de encargos do concurso público para instalação, gestão, exploração e manutenção de redes de capacidade muito elevada.
Consultando os dados divulgados pela ANACOM, estão identificados no concelho de Arouca 2034 alojamentos familiares nas denominadas "áreas brancas", e como tal desprovidos de infra-estrutura de uso público para acesso a internet de alta velocidade (correspondem a 35% do total, segundo os dados dos censos). Como curiosidade, apenas a freguesia de Mansores está actualmente livre dessa insuficiência.
O regulador informa que «encerrada a consulta, procederá à elaboração de um relatório contendo o resumo dos contributos recebidos, que apresentará ao Governo e disponibilizará ao público no seu sítio na internet. Na publicação dos resultados será garantida a reserva de confidencialidade dos elementos como tal devidamente identificados e fundamentados pelos respondentes. Neste sentido, solicita-se a todos os interessados que procedam a uma identificação clara e fundamentada dos elementos que considerem confidenciais e que remetam uma versão não confidencial das respectivas respostas para disponibilização no sítio da Internet da ANACOM, concluído o processo de consulta». RV 2022-10-29
 
Arouca

Terça, 29 de Novembro de 2022

Serviço temporariamente indisponível!

PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Quero ser sepultado com a farda dos Bombeiros Voluntários de Arouca"

Arlindo Soares, primeiro instrutor dos BVA, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | visitantes online