ASSOCIATIVISMO
 
«Somos uma rede de companheiros sempre dispostos a ajudar»
 
Cláudia Oliveira
Cláudia Oliveira entrevistada como presidente do Rotary Club de Arouca
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Quatro meses após a tomada de posse com presidente do Rotary Clube de Arouca, sucedendo a Teresa Sousa, RODA VIVA publica entrevista com Cláudia Oliveira:

Quais são os principais desafios que tem pela frente a sua presidência? Ser presidente de Rotary é, desde logo, uma responsabilidade e uma motivação. Responsabilidade porque há quase três décadas de história do clube que devem ser respeitadas e enaltecidas, escrita por pessoas de uma enorme valia e conceitos éticos. Seguir-lhes os passos é um orgulho e espero estar à altura. A par disso, continuamos a ajustar a nossa forma de agir às contingências actuais. Não é uma dificuldade que nos paralise, ao invés, obriga-nos a uma criatividade permanente, na busca de continuar a Servir a comunidade, mas com distanciamento físico. Espero encontrar formas diferentes de estar ao serviço da comunidade, sabendo que, por esta altura, as necessidades dos arouquenses mais vulneráveis também tendem a ser distintas. No fundo, seguir o lema do ano, escolhido pelo presidente de Rotary International, Shekhar Mehta, ‘Servir para transformar Vidas'.

Que balanço faz da sua vivência rotária? A dimensão mundial de Rotary (cerca de 35 mil clubes em
todo o mundo, com 1,3 milhões de companheiros) permitiu-me conhecer uma diversidade de pessoas,
de várias nacionalidades. Esta partilha constante com pessoas distintas, seja em eventos do clube ou do Distrito 1970, deu-me ensinamentos e uma rede de companheiros sempre dispostos a ajudar. Do rotário mais próximo ao que vive do outro lado do mundo, todos estão à distância de um telefonema ou e-mail. Comprovei que ninguém é feliz sem dar de si aos outros, ao mesmo tempo que Ninguém faz a diferença
sozinho. Pretendemos gerar mudanças duradouras e sustentáveis e essa é uma missão de muitos. Por isso, Rotary identifica necessidades, cria projectos, mas convida a comunidade a envolver-se. No último ano, com a governadoria do companheiro Sérgio Almeida, esta vivência foi ainda mais intensa. O clube esteve muito bem representado e o Distrito 1970 cresceu em número (tem três novos clubes e ultrapassou os dois mil rotários) e em projectos, maioritariamente voltados para os mais jovens.

Que marca distintiva quer deixar no final do seu mandato? Em Rotary, o quadro director muda anualmente. Sendo um período curto, é natural que os projectos transitem de uns anos para os outros, sendo que as acções que promovemos nunca são de uma pessoa só muito menos de um (ou uma) presidente. O Rotary Club de Arouca completou, a 30 de Junho, 29 anos. Entramos, portanto, no ano que culmina com o 30.º aniversário. O que disse na minha tomada de posse foi que, independentemente
de todas as acções que venhamos a tomar, das necessidades que, entretanto surjam, deveríamos ter essa efeméride em mente, para a assinalar condignamente. Devemos lembrar que Zeferino Brandão, o
primeiro presidente do clube, recebeu a Carta Constitucional das mãos de Manuel Cepeda, Governador em 1992, e celebrar esse momento. A nossa sede é pequena, mas gostaria que ela tivesse uma galeria de presidentes. É um gesto simbólico, de reconhecimento, que quero tentar fazer. Mas, tal como disse no início, e esperando ser capaz de a executar, a ideia não surgiu agora, já vem sendo maturada no seio do clube.

O que significa ser rotária? Significa ter disponibilidade para o outro. Somos um grupo de profissionais,
de áreas distintas, que se colocam a si e à sua rede de contactos ao serviço da comunidade. Se a minha comunidade for próspera, eu também serei, porque ninguém é feliz sozinho. Rotary lembra-nos o essencial e tento pôr em prática a prova quádrupla, que nos rege: "Do que pensamos, dizemos ou fazemos: 1. É a verdade? 2.É justo para todos os interessados? 3. Criará boa vontade e melhores amizades? 4. Será benéfico para todos os interessados?". RV 2021-10-31

 
Arouca

Domingo, 05 de Dezembro de 2021

Actual
Temp: 9º
Vento: NW a 5 km/h
Precip: 0.1 mm
Chuva
Seg
T 13º
V 3 km/h
Ter
T 13º
V 6 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Quanto melhor conhecermos o território, maior capacidade teremos para o gerir, preservar e valorizar"

Margarida Belém, durante a inauguração do Balcão Único do Prédio (BUPi)

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 65 visitantes online