POLÍTICA LOCAL
 
Água: Há cinco anos Artur Neves explicava o processo de 'privatização'
 
Director do RODA VIVA entrevistou o autarca em Fevereiro de 2016
Entrevista ao RV em 2016 continha duas perguntas sobre o tema que agora se tornou polémico
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
A 18 de Fevereiro de 2016 - completa esta semana cinco anos - Artur Neves dava a sua última grande entrevista enquanto presidente da Câmara Municipal de Arouca ao RODA VIVA.
Nessa longa conversa de balanço dos três mandatos à frente dos destinos da autarquia, o jornal confrontou o então autarca sobre o tema da "privatização" da água no concelho, que acabava de ser implementada, nomeadamente o seu preço e serviço, e questionou-o se não receava que essa aposta da autarquia não poderia vir a ter custos eleitorais nas eleições autárquicas do ano seguinte.
O PS viria a ganhar com maioria absoluta as eleições autárquicas de 2017, liderado por Margarida Belém (antiga número dois de Neves) e Artur Neves liderou a lista socialista à Assembleia Municipal, que veio a presidir.
Agora que a escalada do preço da água não pára de aumentar, importa relembrar os contornos do acordo formalizado entre a Câmara de Arouca e as Águas do Norte [na altura Águas do Noroeste], e este é mais um contributo para o esclarecimento deste contestado processo. JCS 2021-02-15

EXTRACTO DA ENTREVISTA
A nova gestão da água não pode vir a fazer mossa eleitoral à maioria socialista?
Penso que não! Hoje é mais que sabido que há regras e legislação que obrigam as entidades gestoras de água e saneamento a terem a sustentabilidade na gestão desses sistemas. Ou seja, a receita tem que cobrir a despesa, é obrigatório por lei. A entidade reguladora tem hoje poderes absolutos sobre esta matéria e as entidades gestoras que não apresentarem um estudo de viabilidade económica financeira viável são chamadas a ajustar as tarifas. O município de Arouca tem um sistema altamente deficitário desde há vários anos e não tínhamos alternativa senão incorporar a gestão do nosso sistema num sistema multimunicipal com uma escala maior, com cerca de 70 mil clientes, e dessa maneira fazer com que a tarifa não atingisse valores incomportáveis para a população de Arouca. Se ficasse o sistema gerido pelo município de Arouca, a tarifa teria que subir muito mais do que aquilo que subiu estando Arouca integrada neste sistema multimunicipal. Penso que toda a gente entende isto! Para além de não termos um sistema económico-financeiro viável, era-nos vedada a possibilidade de irmos buscar financiamento comunitário para os investimentos que ainda temos que realizar no concelho e que são cerca de 20 milhões de euros. Neste momento, a empresa Águas do Norte está a preparar a candidatura ao novo quadro comunitário para concluir prioridades absolutas para o nosso território e que jamais o município com o seu orçamento conseguiria fazer aqueles investimentos. As contas do município estão hoje, estruturalmente, muito mais sólidas do que estavam antes de passarmos para o sistema multimunicipal. Nós defendemos os munícipes.

Mas o funcionamento do nosso serviço multimunicipal tem deixado muito a desejar...
De facto, a empresa começou mal em Arouca. E começou mal, desde logo, porque os sistemas informáticos acabaram por dar confusão, e durante três meses alguns clientes não receberam qualquer factura e agora começaram a recebê-las com valores altíssimos. As pessoas não estavam habituadas e houve aqui um choque. Estamos a trabalhar com a empresa Águas do Noroeste no sentido de acabar rapidamente com esses problemas e a promessa que temos é que a partir de Março as factura passarão a ser enviadas mensalmente e passarão a ter uma leitura clara para os cidadãos. Também julgo que é inegável a melhoria do serviço que se está a verificar no terreno, pois há outras condições de gestão destes sistemas. Os arouquenses vão a pouco e pouco certificar-se que era esta a única e melhor situação para o município de Arouca e para as suas gentes.

 
Arouca

Sexta, 07 de Maio de 2021

Actual
Temp: 17º
Vento: NNW a 3 km/h
Precip: 0 mm
Céu Limpo
Sáb
T 18º
V 2 km/h
Dom
T 13º
V 5 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Sentimo-nos motivados ao ter connosco uma equipa sólida e coesa"

Celso Portugal, empossado como presidente dos BVA para novo mandato, em declarações ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 43 visitantes online