POLÍTICA
 
Há 18 actuais presidentes de Câmara a aguardar acusação na Operação Éter
 
Margarida Belém na inauguração da Loja de Turismo de Arouca, com Melchior Moreira, presidente da ETPN, um dos principais acusados
Margarida Belém pode saber decisão do Ministério Público em véspera das eleições autárquicas
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
A revista 'Sábado' e o semanário 'Expresso' trazem esta semana peças de informação sobre o processo judicial em curso que investiga a instalação das Lojas Interactivas de Turismo (coordenada pela Entidade de Turismo do Porto e Norte) em diversos municípios da região norte do país - a Operação Éter. Nesses órgãos de comunicação social nacionais são elencados os actuais 18 presidentes de Câmara arguidos (entre os quais a socialista Margarida Belém, do concelho de Arouca).
Segundo se depreende da leitura da revista, em peça assinada pela jornalista Margarida Davim, a Polícia Judiciária decidiu individualizar na investigação cada uma das autarquias em processos autónomos, em vez de tratar o conjunto das suspeitas num mega-processo (há 59 autarcas envolvidos, alguns deles já acusados que vão avançar para julgamento).
Pedro Santos Guerreiro, editorialista no semanário, lembra que as restantes eventuais acusações do Ministério Público poderão sair em véspera das eleições autárquicas de 2021, podendo causar impacto no processo de decisão da escolha dos candidatos, e que provavelmente motivarão dúvidas e suspeições nos políticos pelos 'timings' da justiça. JCS 2020-12-27
 
Arouca

Quinta, 28 de Janeiro de 2021

Actual
Temp: 13º
Vento: SE a 2 km/h
Precip: 0.1 mm
Nevoeiro
Sex
T 14º
V 3 km/h
Sáb
T 11º
V 10 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Os arouquenses estão preocupados com o preço da água, tal como eu estou"

Margarida Belém, presidente da CMA, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 43 visitantes online