SOCIEDADE
 
Arquitectura: Estudo sobre as antigas minas de volfrâmio arouquenses distinguido
 
Intervenção proposta em Regoufe
Projecto da 'arouquense' Ana Rita Pinho nomeado no YTAA vai estar exposto na Bienal de Veneza
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
A jovem arquitecta Ana Rita Pinho, 'arouquense' de segunda geração radicada no Porto, com origens na freguesia de Santa Eulália, está nomeada para edição 2020 dos prémios Jovem Talento de Arquitectura (YTAA), anunciou há dias a fundação Mies van der Rohe (Barcelona). O trabalho sobre património mineiro em Regoufe e Rio de Frades, intitulado 'A rota do ouro negro - Um troço da guerra fria', está entre os 12 projectos portugueses seleccionados e que serão incluídos na programação paralela da 17.ª Exposição Internacional de Arquitectura da Bienal de Veneza, com o tema "How will we live together?" ("Como viveremos juntos", em tradução livre), com curadoria de Hashim Sarkis. A mostra contará com os 383 trabalhos de todo o mundo seleccionados para o concurso do prémio YTAA, e ficará patente entre 29 de Agosto e 29 de Novembro deste ano no Palazzo Mora, em Veneza , enquanto a cerimónia dos premiados está marcada para 22 de Setembro.
Contactada pelo RODA VIVA, Ana Rita Pinho lembra que o seu trabalho, e que constituiu a sua tese de mestrado na Escola Superior Artística do Porto, ganhou em 2019 uma menção honrosa em Portugal no concurso Archiprix (arquitectura, arquitectura paisagística e urbanismo): «Fiquei entre os dez melhores». O projecto tem uma razão de ser: «As ruínas estabelecem uma simbiose entre o homem e a natureza, numa constante ligação entre as estruturas mineiras e a paisagem rural, tornando-o num território frágil e singular que demanda preservação, e a arquitectura surge como um elemento integrante da paisagem capaz de reavivar lugares, garantindo-lhes igualmente um futuro».
Para a execução do trabalho, a então universitária fez muito trabalho de campo em Arouca, contactou entidades locais e fizeram-se levantamentos topográficos nas instalações mineiras. Da sua tese resulta a proposta para a criação de «um espaço museológico e arqueológico permanente com o objectivo de promover o estudo dos complexos mineiros de Regoufe e de Rio de Frades no campo da Arqueologia, da Geologia e da História». E exemplifica: «introduzir no complexo mineiro de Rio de Frades um percurso interpretativo, bem como elementos que complementam a visita, e no complexo mineiro de Regoufe um centro de investigação e habitações temporárias para investigadores. Os dois complexos mineiros fundem-se através do desenho de um percurso que incorpora troços antigos, usados pelos mineiros, promovendo uma melhor compreensão da transformação do território e da paisagem». RV 2020-05-30
 
Arouca

Sexta, 03 de Julho de 2020

Actual
Temp: 22º
Vento: NNW a 5 km/h
Precip: 0 mm
Céu Limpo
Sáb
T 28º
V 0 km/h
Dom
T 32º
V 0 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Não é fácil reerguer o FC Arouca"

José Luís Alves, presidente AG do FCA, durante a última Assembleia Geral do clube

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 12 visitantes online