SOCIEDADE
 
Autarquias do EDV entregam ventiladores ao Centro Hospitalar
 
Os autarcas ladeiam o director do CHEDV
Os seis equipamentos representam um investimento de 100 mil euros
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
A Associação de Municípios das Terras de Santa Maria (AMTSM) entregou, hoje, ao Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga (CHEDV), quatro ventiladores, estando ainda prevista a chegada de mais dois.
No contexto do combate ao surto do novo coronavírus, os cinco municípios das Terras de Santa Maria que integram o Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga uniram esforços para a aquisição de seis ventiladores, o que representa um investimento de 100 mil euros.
A cerimónia da entrega dos primeiros equipamentos, que decorreu no átrio do Hospital de S. Sebastião, contou com a presença dos autarcas de Arouca, Vale de Cambra, Oliveira de Azeméis, São João da Madeira e Santa Maria da Feira.
O presidente da AMTSM, Jorge Vultos Sequeira (SJM), apontou que o desejo é que os ventiladores nunca sejam utilizados, mas sublinhou a necessidade dos hospitais estarem preparados. Para o autarca sanjoanense, os municípios estão a fazer o seu dever de apoio às instituições de saúde, no sentido de aumentar a capacidade de resposta do Serviço Nacional de Saúde. Jorge Vultos Sequeira enalteceu ainda o trabalho dos profissionais de saúde, a quem expressou gratidão. Além disso, explicou que na associação não há "peritos em fazer compras de saúde", pelo que os ventiladores são fruto de diálogo com o centro hospitalar, que indicou a necessidade daqueles equipamentos e respectivos requisitos técnicos.
O autarca anfitrião, Emídio Sousa, presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, considerou que "a pandemia fortaleceu os laços de vizinhança", e manifestou apreço pela união dos autarcas "de três partidos diferentes" (Arouca, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis - PS; Santa Maria da Feira e Espinho - PSD; Vale de Cambra - CDS).
Por sua vez, o Presidente do Conselho de Administração do CHEDV, Miguel Paiva, referiu não ser "muito normal juntar cinco presidentes de câmaras de municípios diferentes no mesmo sítio, ao mesmo tempo" e que isso "orgulha o centro hospitalar", pois "diz muito das prioridades destes municípios".
Miguel Paiva esclareceu ainda que no centro hospitalar tudo foi feito para que a população fosse atendida o melhor possível e que houve muitas alterações no funcionamento da unidade, designadamente a deslocação de ventiladores dos blocos operatórios para doentes Covid. Ficando assim justificada a necessidade destes equipamentos, numa altura em que se trabalha no retorno à actividade normal.
"Estes senhores e esta senhora tudo o que podiam fazer fizeram, foram proactivos a perguntar se faltava alguma coisa" e "quando nós sabemos que temos estes autarcas que representam o povo e percebem a nossa missão é sempre mais fácil", rematou, ladeado pelos autarcas Jorge Sequeira (SJM), José Pinheiro (VLC), Joaquim Jorge (OAZ), Emídio Sousa (SMF) e Margarida Belém.
O CHEDV recebeu, no contexto do combate à pandemia, mais de 600 mil euros em donativos, cerca de 400 mil dos quais em dinheiro e o restante em equipamentos e bens, de acordo com Miguel Paiva.
Os ventiladores foram produzidos na China e os restantes dois já se encontram em território europeu, devendo chegar a Santa Maria da Feira nos próximos dias, segundo Jorge Vultos Sequeira.
Da Associação de Municípios das Terras de Santa Maria faz também parte o município de Espinho, que pertence ao Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho.
A Associação de Municípios das Terras de Santa Maria reuniu-se várias vezes, nos últimos três meses, procurando respostas comuns no combate ao surto do novo coronavírus, adequadas, depois, a cada município. 2020-05-21 Cátia Cardoso
 
Arouca

Domingo, 07 de Junho de 2020

Actual
Temp: 14º
Vento: W a 2 km/h
Precip: 0.1 mm
Nublado
Seg
T 19º
V 3 km/h
Ter
T 21º
V 0 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Ninguém, no governo actual, está a fazer um favor a Arouca mas sim a fazer-se justiça a um concelho, a um povo"

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, durante a consignação da estrada Escariz / A32

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 14 visitantes online