CARLOS BRANDÃO
 
Presidente da AECA incentiva ao consumo no comércio local
 
OPINIÃO | É necessário fazer o percurso inverso! Com máxima precaução e segurança, mas sem medo
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Enquanto presidente da AECA e enquanto empresário tenho vivido estes "novos" tempos com um misto de receio, aprendizagem e de muita esperança.
Depois do choque inicial e da "catadupa" de legislação que foi necessário interpretar, explicar e incutir, foi necessário mostrar sempre confiança e dar confiança a todos aqueles que mais necessitaram. Foi um período muito enriquecedor do ponto de vista da generosidade do ser humano, das empresas que, apesar de estarem em dificuldades, lá arranjavam algo para oferecer às instituições em dificuldades, lá arranjavam forma de poderem produzir viseiras, oferecer máscaras, oferecer inclusive os seus serviços para ajudar no combate à pandemia nos primeiros tempos.
Foram momentos que nunca irei esquecer.
Posto isto e voltando ao presente, é necessário fazer o percurso inverso! É necessário mostrar confiança às pessoas, ensiná-las a sair de casa, com a máxima precaução e segurança, mas a não ter medo, porque com medo ninguém pode viver, apenas sobreviver.
A minha intervenção de hoje é em especial para o comércio e para a restauração, os que mais sofreram com a pandemia. A indústria ficará para um próximo momento.
A direção da AECA na última reunião decidiu por unanimidade dedicar os próximos tempos à estimulação e ajuda ao comércio local, aos cafés e aos restaurantes, por forma a que estes possam contar com o máximo de segurança e higiene no seu interior e a alargar os seus espaços para as esplanadas no exterior.
Depois de uma primeira visita aos estabelecimentos do centro da Vila, contamos agendar nova passagem durante a próxima semana almoço de trabalho da direção, por forma a mostrar confiança e a dar esperança a todos os associados da área.
Estamos perfeitamente convictos que a restauração rapidamente recupere para níveis próximos do pré-covid-19, e que o comércio siga uma trajetória ascendente com uma mais lenta recuperação e que irá necessitar de maior ajuda por parte das entidades competentes.
A AECA está a trabalhar com o Município numa plataforma que permitirá publicitar e estimular todas as lojas do comércio local, fazendo forte aposta no marketing digital e noutras formas de angariar mais clientes e de aumentar as vendas. Novidades vão surgir a breve trecho.
Quanto aos cafés e restaurantes, para colmatar a redução obrigatória da lotação interior dos espaços, a AECA recomenda vivamente que se utilizem as esplanadas.
As esplanadas servirão para baixar o risco de contaminação e simultaneamente para compensar de alguma forma a redução da ocupação interior decretada pela DGS, fazendo, em muitos casos, toda a diferença na viabilidade económica do estabelecimento.
Entre as medidas a adotar, de entre outras, a DGS destaca a redução da capacidade máxima do estabelecimento, por forma a assegurar o distanciamento físico recomendado de dois metros entre as pessoas, privilegiando a utilização de áreas exteriores, como as esplanadas (sempre que possível).
Para contornar os "constrangimentos" à viabilidade do negócio, a solução, no entender da AECA, passa pela abertura/ocupação de esplanadas.
A abertura das esplanadas é uma forma de apoiar economicamente o setor, bem como reforçar a confiança e segurança da saúde pública.
O uso das esplanadas é uma solução para compensar as restrições que os estabelecimentos têm de obrigatoriamente respeitar, possibilitando o aumento da área de esplanada no espaço exterior envolvente, repondo a sua capacidade. Estando ao ar livre diminuí a probabilidade de propagação/contágio do COVID-19.
Por outro lado, Arouca em tempo de verão oferece ótimas condições para que se possa usufruir o espaço exterior, evitando ambientes com ar condicionado (não recomendados pela DGS, exceto os que possam funcionar com 100% de ar novo exterior).
A AECA já apurou que o Município de Arouca tem em preparação um pacote que inclui a utilização da via pública para aumento das esplanadas e já tinha isentado as taxas de esplanadas no exterior, até ao final do ano, e este será mais um motivo para aconselhar todos os associados a que possam usufruir das mesmas.
Na última reunião da AECA ficou também alinhavado um conjunto de iniciativas que visam auscultar e promover o comércio local. A campanha irá começar on-line e irá ser realizada em colaboração com o Município.
Todos juntos a trabalhar com um mesmo objetivo: voltar rapidamente, em segurança, com muita confiança, com muito trabalho extra, à situação que estávamos antes da crise pandémica.
A direção da AECA agradece a coragem que os seus associados tiveram ao fechar o seu estabelecimento, mesmo antes de serem obrigados por lei, e ao abrirem agora, cumprindo ao máximo todos os requisitos de higiene e de segurança. Muita coragem para todos! 2020-05-21
 
Arouca

Domingo, 07 de Junho de 2020

Actual
Temp: 14º
Vento: W a 2 km/h
Precip: 0.1 mm
Nublado
Seg
T 19º
V 3 km/h
Ter
T 21º
V 0 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Ninguém, no governo actual, está a fazer um favor a Arouca mas sim a fazer-se justiça a um concelho, a um povo"

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, durante a consignação da estrada Escariz / A32

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 15 visitantes online