SOCIEDADE
 
Abaixo-assinado contra aterro da Louseira de Canelas
 
Enxurrada em Canelas em 2012
Habitantes de Vila Cova não querem ver repetido incidente de 2012 (foto)
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Na última reunião descentralizada do executivo camarário, que teve lugar nas instalações da União de Freguesias de Canelas e Espiunca, em Março, no derradeiro ponto da ordem de trabalhos foi dada a voz aos munícipes locais. Doze cidadãos interpelaram o executivo, o que terá sido um recorde nas sessões de Câmara.
Uma das intervenções mais marcantes foi proferida por Vitorino Soares, natural e residente no lugar de Vila Cova, que entregou um abaixo-assinado à autarquia sobre o actual estado da encosta de Reibô, por onde passou em 2012 o gigantesco deslizamento do aterro da Louseira de Canelas.
O abaixo-assinado subscrito por 68 cidadãos, lembra que em 2012 "uma derrocada de milhões de toneladas de terra, provenientes de um deslizamento de aterro da Louseira de Canelas, que ao longo de vários anos foi sendo depositado na encosta de Reibô, levou na sua frente estrada, ponte romana, moinhos, lameiros de pasto".
Os autores daquele documento denunciam ainda o facto de continuarem a "ser descarregados dezenas de camiões diariamente no mesmo local sendo assustadora a quantidade de aterro que já ali existe".
Perante a realidade descrita, exigem que sejam tomadas medidas urgentes, uma vez que a estrada municipal que em 2012 foi destruída é a mesma por onde, diariamente, passam os seus "filhos e netos a caminho da escola, quer os do ensino básico, que são transportados por táxi, quer os do ensino secundário, transportados de autocarro".
Da presidente da autarquia, Margarida Belém, houve resposta: «comungo da preocupação manifestada, apesar de saber da existência de um plano de monitorização da situação por parte da Direcção Regional de Economia, entidade que não lhe reportou ainda qualquer anomalia». RV 2020-04-09
 
Arouca

Domingo, 07 de Junho de 2020

Actual
Temp: 14º
Vento: W a 2 km/h
Precip: 0.1 mm
Nublado
Seg
T 19º
V 3 km/h
Ter
T 21º
V 0 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Ninguém, no governo actual, está a fazer um favor a Arouca mas sim a fazer-se justiça a um concelho, a um povo"

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, durante a consignação da estrada Escariz / A32

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 24 visitantes online