SOCIEDADE
 
COVID-19: O que dizem os autarcas arouquenses
 
José Costa (Moldes) e Hélio Soares (Santa Eulália)
O trabalho das juntas de freguesia e as principais preocupações da população
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
As juntas de freguesia são, desde sempre, meios de proximidade com as populações. Atentas, disponíveis e primeiro contacto dos fregueses, as juntas de freguesia contam ao RODA VIVA o trabalho que têm feito e as principais preocupações da população neste momento em que vivemos um atentado à saúde pública.

O presidente da junta de freguesia de Moldes, José Costa, contou ao RV que nas últimas semanas "a grande batalha foi conseguir passar a informação relativa à perigosidade e facilidade de transmissão da Covid-19".
Num trabalho que está a ser feito em parceria com a Câmara Municipal, o autarca refere que o seu executivo está "ainda mais atento a situações de risco e a comunidade também está, uma vez que vão contactando para alertar ou pedir ajuda para algumas situações". Refere que "gostava que esta rede de interlocutores se consolidasse e funcionasse em toda a freguesia para ser possível acompanhar toda a gente".
Neste momento, a junta de freguesia tem cumprido com as recomendações, tendo sido "suspenso o atendimento presencial na junta de freguesia, fechados espaços públicos como o cemitério e divulgadas regras para uso da Casa Mortuária." Além disso, afirmam estar "atentos a movimentações de emigrantes e migrantes para a freguesia, entre outros" e têm estado "a apoiar serviços como aviar receitas e dar apoio na aquisição de bens."
Embora até à data não existam casos positivos de Covid-19 na freguesia, a JF tem conhecimento de casos de fregueses que estão em quarentena. Contudo, é preocupação dos autarcas que esta situação, demorando muito tempo a passar, "conduza a estados de ansiedade ou estados de solidão. Caso não se consiga controlar a pandemia a curto/médio prazo estas e outras vulnerabilidades vão ganhar uma dimensão ainda mais preocupante."
A junta de freguesia tem sinalizados os casos mais vulneráveis, consciente que "há uma franja da população que era autónoma e que agora se deve resguardar por razões de idade ou saúde. Este contexto faz aumentar o número de casos vulneráveis. Uma boa parte tem retaguarda familiar para apoio mas nem todos têm essas condições e aí teremos de ser mais atentos e activos."
Hélio Soares, presidente da junta de freguesia de Santa Eulália diz que têm "acompanhado com alguma apreensão toda esta situação" Conta que as pessoas vão respeitando as recomendações, embora seja necessário continuar o trabalho de sensibilização e "reforçar as recomendações, principalmente junto dos idosos".
"A escassez de recursos próprios da junta de freguesia" constituem algumas das preocupações do autarca que acredita ser necessário "mais serviço público de proximidade, para podermos proporcionar às pessoas a comodidade necessária nas suas casas, de forma a que possam passar esta situação da melhor forma possível." Além disso afirma que "nos próximos dias vamos contar com a ajuda e colaboração de alguns jovens voluntários, que ajudarão de certa forma, a minimizar esta falta de recursos."
Numa freguesia onde existem já três casos confirmados, a junta de freguesia tem, "através de contacto telefónico, acompanhando o evoluir das situações existentes e perceber que a evolução dos casos corre positivamente, principalmente nos dois primeiros reportados. Quanto ao terceiro e mais recente caso, a idade e as patologias associadas ao doente, causam-nos alguma preocupação, contudo, os contactos com os familiares dão-nos nota que está a melhorar e a reagir bem."
Neste momento, a JF já adoptou um conjunto alargado de medidas, em sintonia com o Município, nomeadamente "a identificação dos espaços públicos onde as pessoas procuram os serviços disponíveis, para a desinfecção dos espaços identificados, em Santo António e no Areeiro. O encerramento do cemitério foi também outra medida que segundo o autarca "custou imenso tomar". André Vilar 2020-04-07
 
Arouca

Domingo, 07 de Junho de 2020

Actual
Temp: 14º
Vento: W a 2 km/h
Precip: 0.1 mm
Nublado
Seg
T 19º
V 3 km/h
Ter
T 21º
V 0 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Ninguém, no governo actual, está a fazer um favor a Arouca mas sim a fazer-se justiça a um concelho, a um povo"

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, durante a consignação da estrada Escariz / A32

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 18 visitantes online