SOCIEDADE
 
Presidente da Câmara reage à sua constituição como arguida em investigação judicial
 
Margarida Belém respondeu ao RV
OPERAÇÃO ÉTER: «Não houve qualquer contrapartida privada ou enriquecimento ilícito»
 
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site

Depois de ter sido formalmente constituída arguida no âmbito da Operação Éter, na última sexta-feira, a presidente da Câmara Municipal de Arouca, Margarida Belém, reage pela primeira vez em declarações suscitadas pelo RV sobre o caso que está a mexer com o poder local. (NOTÍCIA RELACIONADA: aqui)
A autarca manifesta total tranquilidade e inocência sobre a sua ligação a este assunto que tem abalado o mundo autárquico.
Sobre uma hipotética suspensão das suas funções na edilidade, foi categórica na resposta. JCS 2020-01-28


DECLARAÇÕES DE MARGARIDA BELÉM AO RODA VIVA


Ficou surpreendida com a sua constituição como arguida na Operação Éter?
Naturalmente que fiquei surpreendida, assim como terão ficado surpreendidos os mais de cinquenta presidentes e vereadores igualmente constituídos como arguidos no âmbito da Operação Éter.

Aquando da constituição como arguido de Artur Neves no mesmo processo, Margarida Belém disse à imprensa regional ter ficada "surpresa e triste". Como se sentiu quando viu o seu nome na mais recente lista de arguidos?
Senti igual surpresa e tristeza, e ainda tranquilidade quanto ao cumprimento da lei na contratação dos serviços no âmbito da Loja de Turismo.

Está desapontada com o seu amigo Melchior Moreira, principal arguido, detido há mais de um ano, deste processo?
A minha relação com o Dr. Melchior Moreira, então presidente da Região de Turismo do Porto e Norte, sempre foi estritamente profissional. No exercício das suas funções e tendo em conta a relevância turística do Município de Arouca para a promoção do Porto e Norte, seja a nível nacional como a nível internacional, o Dr. Melchior Moreira sempre mostrou um natural interesse pelo nosso território.

Vai suspender as suas funções na autarquia?
Não vejo qualquer razão para suspensão das minhas funções.

São já várias as situações com a justiça em que Artur Neves e agora Margarida Belém estão envolvidos.
Não irei responder sobre eventuais situações de justiça que envolvam o Eng. Neves pois essa resposta deve ser dada pelo próprio. No que a mim me diz respeito, são apenas duas as situações relacionadas com a justiça: a da loja interactiva de turismo (Operação Éter) e a da empreitada de pavimentação da estrada de Chão de Ave a Provizende - Troço Quintela/Chão de Ave. Em ambos os casos, estou plenamente convicta que os procedimentos salvaguardaram o interesse público e não houve qualquer contrapartida privada ou enriquecimento ilícito.

Não teme que a imagem da CMA e dos seus autarcas saiam beliscados com estes casos?
Os arouquenses conhecem-me bem! Sabem a minha fibra e os valores pelos quais me norteio.

 
Arouca

Segunda, 21 de Setembro de 2020

Actual
Temp: 19º
Vento: WNW a 3 km/h
Precip: 0 mm
Nublado
Ter
T 18º
V 2 km/h
Qua
T 18º
V 2 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"O município desinvestiu nos jovens"

Ricardo Martins, lider da Juventude Popular, em entrevista ao RV

PUB.
EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 23 visitantes online