SOCIEDADE
 
Centro de Incubação Industrial de Arouca continua 'provisório' e com pouca procura
 
Maquete do edifício Ci3 que serviria para acolher empresas em início de actividade
Apenas três micro-empresas se mantêm à experiência no edifício da Junta de Escariz. Projecto para construir Ci3 não saiu do papel
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Está a marcar passo o Centro de Incubação e Inovação Industrial de Arouca (Ci3) que o Câmara Municipal quer implementar no Parque de Negócios de Escariz. Passados mais de dois anos desde a formalização da iniciativa (notícia aqui), e de 18 meses desde a assinatura do protocolo para o funcionamento provisório nas instalações das Juntas de Freguesia de Escariz e de Fermedo, continuam apenas quatro micro-empresas a usufruir do protocolo para estimular a instalação de novos projectos empresariais de base tecnológica, científica e criativa no concelho. O projecto tem parceria da AECA, da ANJE e da UPTEC.
Este aparente desinteresse de novos potenciais interessados em estabelecer-se em Arouca já levou a autarquia a cessar há dias o contrato que havia estabelecido com a JF Fermedo para acolher provisoriamente 'startups'. As quatro empresas acomodam-se facilmente no edifício da edilidade de Escariz, sendo que uma delas - a Primeipt - até vai funcionar a partir de agora em modo remoto (como escritório virtual), à distância. Outra das empresas pioneiras vai cessar a actividade, mas é substituída pela 'Roseler, Holz e Castros, Lda', conforme se pode confirmar pela agenda da próxima reunião ordinária do executivo a realizar no próximo dia 17.
O que seria um "polo de atracção de empresas de produção de bens e serviços inovadores e transacionáveis com vocação exportadora", para "promover o empreendedorismo de base tecnológica e o emprego qualificado", conforme descrição no 'site' da autarquia, não saiu ainda, na prática, do papel. A ideia da Câmara Municipal seria construir um edifício de raiz no Parque de Negócios de Escariz para poder acolher cerca de duas dezenas de empresas e empresários (notícia aqui). Para isso, encomendou por ajuste directo e pagou um projecto de arquitectura que custou perto de 25.000 euros, e que continua 'na gaveta' (notícia aqui). As obras em Escariz nunca se iniciaram. RV 2019-12-14
 
Arouca

Quarta, 29 de Janeiro de 2020

Actual
Temp: 13º
Vento: SW a 5 km/h
Precip: 0.2 mm
Chuva
Qui
T 12º
V 5 km/h
Sex
T 15º
V 3 km/h
PUB.
PUB.
 
PUB.
 
A Frase...

"A minha abstenção nas GOP e Orçamento deveu-se à falta de soluções para a minha freguesia"

Alberto Nunes, autarca de Albergaria e Cabreiros, em entrevista ao RV

PUB.
EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 38 visitantes online