SOCIEDADE
 
Ensino da segurança rodoviária traz Artur Neves a Arouca
 
Em plena aprendizagem
Secretário de Estado da Protecção Civil constata implementação de projecto formativo no Pólo do Burgo
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Semear uma cultura de segurança rodoviária nos jovens, desde os bancos da escola, também para chegar aos adultos. Artur Neves, o secretário de Estado da Protecção Civil, esteve hoje Arouca, em concreto no Pólo Escolar do Burgo, para constatar a aplicação do programa "Júnior Seguro On The Road", que a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) difundiu pelos estabelecimentos de ensino do país.
É um projecto desenvolvido em articulação com a Direcção-Geral da Educação e com a Associação para a Promoção da Segurança Infantil, que está a ser implementado nas escolas dos 1º e 2º ciclos do ensino básico em 25 municípios.
A sua dinamização faz-se com actividades em que as crianças, por um lado, exploram os recursos educativos digitais disponibilizados em www.ansr.pt/juniorseguro e, por outro, colocam em prática os conhecimentos e as capacidades adquiridas para a adopção de um comportamento seguro, através da simulação do trajecto casa-escola no papel de peões ou condutores de bicicletas e trotinetes, por exemplo.
Esta campanha inclui quatro temas: viajar "a pé", "de carro", como passageiro, viajar "de bicicleta" e ainda a chamada de atenção "eu e o outro", virada para o inculcar de comportamentos de respeito.
Nomeadamente, as crianças vão respondendo a um questionário "online", sobre situações como a entrada num veículo, o colocar do cinto de segurança e os cuidados de segurança durante a viagem. Caso respondam com sucesso, recebem o titulo de "campeões da segurança rodoviária". PDF's informativos, jogos e outros produtos vão educando para a tal cultura de segurança. No final, levam para casa um diploma.
"As crianças absorvem tudo", sublinhou Rui Ribeiro, o presidente da ANSR, certo de que esta e outras iniciativas - "não vamos ficar por aqui" - farão nascer uma geração com "novos hábitos e novos comportamentos".
Artur Neves acentuou que "através das crianças é possível levar a mensagem aos adultos", com nota de que o "Júnior Seguro On The Road" tomou os bancos das escolas, única forma - disse - de consciencializar os portugueses para os maus comportamentos que anualmente tingem de sangue as estradas do país. Comportamentos como o excesso de velocidade, o uso do telemóvel enquanto se conduz, a condução em longas distâncias sem descanso e o flagelo do álcool: 30 por cento das vítimas mortais seguiam atrás do volante com valores em excesso.
O secretário de estado da Protecção Civil assinalou que os acidentes mortais nas estradas são "um flagelo mundial", como nota de que são a principal causa de morte para a faixa etária dos cinco aos 24 anos.
Bem afinados, os alunos do pólo escolar brindaram os visitantes com um Hino de Segurança Rodoviária, que logo Margarida Belém, a presidente da Câmara Municipal de Arouca, disse merecedor de ser o Hino Nacional deste projecto.
A autarca enfatizou que as escolas arouquenses, além de dotadas de "alma", também são "inteligentes" para saber que só a educação pode mudar comportamentos.
A Segurança Rodoviária é uma das temáticas incluídas na Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania, uma das prioridades definidas no Programa do actual Governo para a área educativa.

Mais segurança na floresta

No final, em conversa com a imprensa, Artur Neves ainda abordou a questão dos incêndios, salientando que cerca de 70 por cento dos mais de 31 mil locais, em zonas povoadas, que tinham sido identificados, até 31 de Março, como estando em especial risco, já foram intervencionados. "Mostra que a nossa mensagem está a passar", afirmou.
O governante reafirmou que mudar a estrutura da nossa floresta é tarefa para décadas, vincando que o foco imediato tem de estar na protecção de populações e de empresas. Assinalou que 1.142 aldeias foram assinaladas como tendo povoamentos em risco e objecto de acção do Ministério da Administração Interna.
Considerou "positiva" a evolução da implementação da lei que impõe a limpeza das áreas envolventes de aldeias e de áreas de acolhimento empresarial: "sentimos que os portugueses estão a interiorizar isto muito bem", referiu. AOS/RV 2019-05-24

 
Arouca

Segunda, 15 de Julho de 2019

Actual
Temp: 17º
Vento: ENE a 2 km/h
Precip: 0 mm
Céu Limpo
Ter
T 27º
V 0 km/h
Qua
T 25º
V 3 km/h
PUB.
PUB.
 
INQUÉRITO
A providência cautelar interposta pela Lista A às eleições do FCA vai ter como desfecho o...
 
 
A Frase...

"Mansores está em contra-ciclo, no próximo ano lectivo vamos abrir duas salas de ensino pré-escolar com quarenta crianças"

Jorge Oliveira, presidente da JF Mansores, em declarações ao RV

PUB.
EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 20 visitantes online