SOCIEDADE
 
Autarca de Mansores teme o encerramento da única farmácia da freguesia
 
Farmácia Martins e Sousa
Sintonia com o empresário para tentar manter o estabelecimento a funcionar
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Fundada há três décadas, a Farmácia Martins e Sousa, sediada mesmo no coração da freguesia de Mansores, vive momentos de alguma indefinição resultantes da quebra de facturação.
Um pouco por todo o país vamos assistindo ao encerramento de farmácias, sobretudo no interior do país, devido à falta de viabilidade económica.
O presidente da JF de Mansores está apreensivo relativamente a esta situação e tem mantido um contacto regular com a gerência daquele estabelecimento comercial de saúde. O autarca Jorge Oliveira recorda que, apesar da desertificação que se tem vindo a registar no concelho, «Mansores está em contra-ciclo, uma vez que no próximo ano lectivo vamos abrir duas salas de ensino pré-escolar com quarenta crianças». «Estamos preocupados com a situação actual da farmácia da freguesia.
É a única existente e não gostaríamos de a ver encerrada, mas para isso é necessário que a população local, e não só, compre lá os seus medicamentos. É uma farmácia de proximidade», afirmou Oliveira. «As pessoas têm de compreender que se a farmácia fechar portas pode não abrir mais, o que seria extremamente negativo para a população, sobretudo para a mais idosa», advertiu.
«Sabemos que a gerência tudo tem feito para aumentar o 'stock' e variedade de fármacos e serviços postos ao dispôr da população, e garantido óptimas condições físicas do estabelecimento...», finalizou o autarca da freguesia.
Miguel Sousa, gerente da Farmácia Martins Sousa, diz não ser sua intenção o encerramento: «Não temos a intenção de encerrar a farmácia e tudo faremos para que tal não aconteça. É uma aposta que já vem do tempo da minha mãe, aliás, fizemos obras de remodelação há sete anos e já estamos em Mansores há três décadas», sublinhou.
«O que tem acontecido, à imagem de outras zonas do país, é que o movimento da farmácia tem decaído bastante, sobretudo a partir de Janeiro deste ano. E contrariamente ao que tem surgido noutras farmácias onde a população local tem diminuído, em Mansores tem crescido nos últimos anos, o que é ainda mais estranho», salientou o proprietário ao RV.
Lançou um apelo. «Queremos manter-nos aqui, gostamos das pessoas de Mansores, é uma freguesia com futuro, lindíssima, das mais bonitas do concelho de Arouca, agora é preciso que as pessoas utilizem os nossos serviços». JCS 2019-05-21
 
Arouca

Segunda, 17 de Junho de 2019

Actual
Temp: 21º
Vento: S a 3 km/h
Precip: 0 mm
Muito Nublado
Ter
T 19º
V 8 km/h
Qua
T 19º
V 5 km/h
PUB.
PUB.
 
PUB.
INQUÉRITO
Nas eleições para o FCA do próximo dia 29, vão surgir...
 
 
A Frase...

"É fundamental organizar o espaço, pensar o palco da vida individual e comunitária"

Sérgio Costa, jovem arquitecto arouquense galardoado com prémio da Universidade do Porto, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 14 visitantes online