SOCIEDADE
 
Médico da Selecção Nacional apadrinhou apresentação da história da AFA em Arouca
 
Cláudia Oliveira entre os convidados na apresentação do livro em Arouca
Cláudia Oliveira, a autora, agradeceu ao público e aos clubes, "a razão de ser deste livro, um livro que não tendo tudo, tem o essencial"
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
A Biblioteca Municipal de Arouca acolheu ontem, sexta-feira, a apresentação do livro "Associação de Futebol de Aveiro - A caminho dos 100 anos" da autoria da jornalista arouquense Cláudia Oliveira. A obra, que conta a história da AF Aveiro e envolve agremiações desportivas arouquenses, foi lançada em Abril, em Aveiro, em cerimónia apadrinhada pelo escritor e político Manuel Alegre, neto do criador da AFA, Mário Duarte, em sessão que foi acompanhada pelo RODA VIVA. A nova apresentação, promovida ontem pela Câmara Municipal de Arouca, teve ilustre convidado, José Carlos Noronha, antigo jogador do GDSC Alvarenga e hoje conceituado ortopedista e médico da Selecção Nacional A, responsável pela Unidade de Saúde e Performance da Federação Portuguesa de Futebol, que se referiu ao produto desenvolvido como "uma obra bem escrita, que terá sempre lugar de destaque na biblioteca da AFA e do futebol arouquense."

O clubes são a razão de ser

"Um livro escrito por uma arouquense, que também mostra que o futebol não tem género", referiu a presidente da Câmara Municipal, Margarida Belém. Oito clubes arouquenses (FC Arouca, GDSC Alvarenga, ACRD Mosteirô, CCR Vila Viçosa, Centro Juvenil, U. Rossas, UD Mansores e UD Fermedo) e ainda a referência ao ex-internacional jovem e ex-futebolista profissional, Pedro Costa, constam da narrativa histórica, "uma publicação em que Arouca está representada pelo seu associativismo activo", enalteceu a autarca. "Esta é uma obra elogiada por toda a gente", disse Arménio Pinho, presidente da direcção da AFA que deixou ainda palavras de agradecimento a José Carlos Noronha, "um grande amigo da AFA, sempre disposto a ajudar-nos quando precisamos". "Não somos donos da AFA, a AFA são os clubes", reiterou o dirigente, que destacou ainda o Torneio de Futebol Infantil Interfreguesias como "um exemplo de promoção desportiva em Arouca que nos serve de referência."
Cláudia Oliveira agradeceu ao público e aos clubes, "a razão de ser deste livro, um livro que não tendo tudo, tem o essencial", o culminar de cerca de dois anos de pesquisa e redacção sobre os 95 anos da AFA, onde cabe "o valor e a coragem dos agentes desportivos arouquenses que ousaram implementar as suas colectividades", elogiou a jornalista arouquense, que actualmente redige em O Jogo e foi recentemente galardoada com o prémio Imprensa Desporto com Ética-2018, com a reportagem "Um clube onde cabem todos e as diferenças ficam à porta". Na cerimónia esteve também Jerónimo Lopes, único arouquense que integra os actuais corpos sociais da associação aveirense. Surpreendente, foi a ausência de representantes dos clubes arouquenses. 2019-05-18 MMS

 
Arouca

Segunda, 06 de Julho de 2020

Actual
Temp: 31º
Vento: NW a 3 km/h
Precip: 0 mm
Céu Limpo
Ter
T 31º
V 2 km/h
Qua
T 26º
V 3 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Não é fácil reerguer o FC Arouca"

José Luís Alves, presidente AG do FCA, durante a última Assembleia Geral do clube

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 11 visitantes online