SOCIEDADE
 
Médico da Selecção Nacional apadrinhou apresentação da história da AFA em Arouca
 
Cláudia Oliveira entre os convidados na apresentação do livro em Arouca
Cláudia Oliveira, a autora, agradeceu ao público e aos clubes, "a razão de ser deste livro, um livro que não tendo tudo, tem o essencial"
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
A Biblioteca Municipal de Arouca acolheu ontem, sexta-feira, a apresentação do livro "Associação de Futebol de Aveiro - A caminho dos 100 anos" da autoria da jornalista arouquense Cláudia Oliveira. A obra, que conta a história da AF Aveiro e envolve agremiações desportivas arouquenses, foi lançada em Abril, em Aveiro, em cerimónia apadrinhada pelo escritor e político Manuel Alegre, neto do criador da AFA, Mário Duarte, em sessão que foi acompanhada pelo RODA VIVA. A nova apresentação, promovida ontem pela Câmara Municipal de Arouca, teve ilustre convidado, José Carlos Noronha, antigo jogador do GDSC Alvarenga e hoje conceituado ortopedista e médico da Selecção Nacional A, responsável pela Unidade de Saúde e Performance da Federação Portuguesa de Futebol, que se referiu ao produto desenvolvido como "uma obra bem escrita, que terá sempre lugar de destaque na biblioteca da AFA e do futebol arouquense."

O clubes são a razão de ser

"Um livro escrito por uma arouquense, que também mostra que o futebol não tem género", referiu a presidente da Câmara Municipal, Margarida Belém. Oito clubes arouquenses (FC Arouca, GDSC Alvarenga, ACRD Mosteirô, CCR Vila Viçosa, Centro Juvenil, U. Rossas, UD Mansores e UD Fermedo) e ainda a referência ao ex-internacional jovem e ex-futebolista profissional, Pedro Costa, constam da narrativa histórica, "uma publicação em que Arouca está representada pelo seu associativismo activo", enalteceu a autarca. "Esta é uma obra elogiada por toda a gente", disse Arménio Pinho, presidente da direcção da AFA que deixou ainda palavras de agradecimento a José Carlos Noronha, "um grande amigo da AFA, sempre disposto a ajudar-nos quando precisamos". "Não somos donos da AFA, a AFA são os clubes", reiterou o dirigente, que destacou ainda o Torneio de Futebol Infantil Interfreguesias como "um exemplo de promoção desportiva em Arouca que nos serve de referência."
Cláudia Oliveira agradeceu ao público e aos clubes, "a razão de ser deste livro, um livro que não tendo tudo, tem o essencial", o culminar de cerca de dois anos de pesquisa e redacção sobre os 95 anos da AFA, onde cabe "o valor e a coragem dos agentes desportivos arouquenses que ousaram implementar as suas colectividades", elogiou a jornalista arouquense, que actualmente redige em O Jogo e foi recentemente galardoada com o prémio Imprensa Desporto com Ética-2018, com a reportagem "Um clube onde cabem todos e as diferenças ficam à porta". Na cerimónia esteve também Jerónimo Lopes, único arouquense que integra os actuais corpos sociais da associação aveirense. Surpreendente, foi a ausência de representantes dos clubes arouquenses. 2019-05-18 MMS

 
Arouca

Segunda, 17 de Junho de 2019

Actual
Temp: 21º
Vento: S a 3 km/h
Precip: 0 mm
Muito Nublado
Ter
T 19º
V 8 km/h
Qua
T 19º
V 5 km/h
PUB.
PUB.
 
PUB.
INQUÉRITO
Nas eleições para o FCA do próximo dia 29, vão surgir...
 
 
A Frase...

"É fundamental organizar o espaço, pensar o palco da vida individual e comunitária"

Sérgio Costa, jovem arquitecto arouquense galardoado com prémio da Universidade do Porto, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 8 visitantes online