SOCIEDADE
 
Ala sul do Mosteiro de Arouca vai ser finalmente um hotel
 
Entidades brindam ao investimento
Contrato de concessão foi assinado na Sala do Capítulo do monumento nacional
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
"Para mim é um dia muito especial e que afinal não há impossíveis". As palavras são da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, anteontem, 10 de Abril, na cerimónia de assinatura do contrato de concessão do Mosteiro de Arouca para unidade de alojamento no âmbito do programa REVIVE. Este programa possibilitará a criação da primeira unidade de alojamento 4 estrelas no município e deverá abrir portas até 2022. O futuro hotel de requinte integrará o grupo hoteleiro MS Hotels & Resorts que investirá 3,5 milhões de euros na recuperação do imóvel, pagando ainda uma renda anual de 42 mil euros, por um período de 50 anos. Terá 60 a 70 quartos, piscina interior e exterior, e também um 'court' de padel (um desporto derivado do ténis).
Ana Mendes Godinho reconheceu que "é difícil transformar o património num activo vivo e com potencial económico para a população", mas que "graças a uma equipa extraordinária que teve como único foco o de que não há impossíveis, deitámos abaixo preconceitos." Como tal, "hoje está à vista de todos que o património é de facto um activo que gera possibilidades novas para a população".
Considerou ainda que "Arouca é um exemplo de como um território conseguiu, com base na sua autenticidade, tornar-se um território atractivo para o visitante", razão pela qual "Arouca e o Revive são o melhor casamento que podíamos ter". Falando em casamento e num apontamento mais humorado, a governante terminou dizendo que esperava no futuro "vir a participar em muitos casamentos" na futura unidade hoteleira.
António Ponte, director regional de Cultura do Norte, também assumiu que a reabilitação do Mosteiro de Arouca envolveu "uma das histórias mais difíceis" dos últimos anos de actividade do organismo, por envolver um projecto com duas componentes autónomas, mas complementares. O responsável referia-se, por um lado, à conversão da ala sul do imóvel para efeitos de alojamento 'premium', e, por outro, à melhoria das condições de visitação pública do restante edificado, onde na próxima semana arranca uma empreitada de um milhão de euros para o efeito.
Por sua vez, a presidente da Câmara Municipal de Arouca; Margarida Belém, classificou este momento como "marcante na história do mosteiro de Arouca e na história dos arouquenses", lembrando que era uma pretensão reclamada pelos vários executivos socialistas, bem como pelo setor turístico local uma vez que "uma unidade de quatro ou cinco estrelas vai permitir outro perfil de visitantes no território". Referiu também que "a criação desta unidade hoteleira é uma das formas de trazer o mosteiro para o século XXI, dignificando este que é o pilar da nossa dinâmica cultural, económica e turística". Lembrou ainda que a requalificação do mosteiro já está a gerar desenvolvimento económico, uma vez que está previsto que a obra seja efectuada por um empreiteiro local.
Já Pedro Mesquita, director do grupo MS Hotel & Resorts, espera que o futuro hotel seja "um orgulho para as gerações actuais e vindouras" e reconheceu que a dinâmica da população local foi um dos aspectos a motivar "algum conforto" na aposta empresarial no Mosteiro.
"Quando comecei a investigar o edifício, achei muito engraçado que já no século XV e XVI os arouquenses defendessem o património que aqui existia e, como acredito que a população quer vê-lo defendido 'ad aeternum', estamos neste projecto para fazer o mesmo", disse, garantindo que quer envolver e ver a comunidade envolvida com esta nova unidade de alojamento.
O Mosteiro de Arouca é o sétimo a ser concessionado pelo Estado no âmbito do programa REVIVE.
 
Arouca

Terça, 18 de Junho de 2019

Actual
Temp: 12º
Vento: SE a 3 km/h
Precip: 0 mm
Muito Nublado
Qua
T 20º
V 5 km/h
Qui
T 19º
V 3 km/h
PUB.
PUB.
 
PUB.
INQUÉRITO
Vai participar no programa "A História de um Convento" que decorre em Arouca de 12 a 21 de Julho?
 
 
A Frase...

"É fundamental organizar o espaço, pensar o palco da vida individual e comunitária"

Sérgio Costa, jovem arquitecto arouquense galardoado com prémio da Universidade do Porto, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 29 visitantes online