SOCIEDADE
 
Arouquenses ajudam a fazer a história da Associação de Futebol de Aveiro
 
Fernando Gomes (FPF), Cláudia Oliveira, Manuel Alegre e Arménio Pinho (AFA)
"AFA - A caminho dos 100 anos", obra elaborada pela jornalista arouquense Cláudia Oliveira
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Em cerimónia muito participada, realizada na tarde de sábado passado, no salão superior, com vista para o relvado, do Estádio Municipal de Aveiro, a Associação de Futebol de Aveiro (AFA) apresentou a sua história quase centenária no livro "AFA - A caminho dos 100 anos", obra elaborada pela jornalista arouquense Cláudia Oliveira. O evento foi ainda lugar da celebração de contratos desportivos com diversas autarquias, de Águeda, Mealhada, Oliveira do Bairro, Murtosa e Ílhavo e de um contrato de comodato dos terrenos envolventes ao Estádio Municipal com a Câmara Municipal de Aveiro, que possibilitará a construção da Cidade Desportiva da AFA, que inclui um campo relvado e as novas infraestruturas da associação.

16.000 atletas de 169 clubes

O momento que celebrou os 95 anos da Associação de Futebol de Aveiro e os 150 do nascimento do seu fundador, teve a presença de Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), de Manuel Alegre, neto de Mário Duarte, grande desportista aveirense fundador e primeiro presidente da AFA, e de Ribau Esteves, presidente da Câmara de Aveiro, entre outras entidades associativas e representantes de muitos dos clubes filiados. Criada por Mário Duarte em 22 de Setembro de 1922, a AFA, presidida actualmente por Arménio Pinho, é uma das maiores do país, integrando 169 clubes filiados nas modalidades de futebol de onze, futsal, futebol feminino e de praia, num total de 16000 jogadores seniores e de formação, 1000 equipas, 400 árbitros e mais de 13000 jogos por época desportiva. A implementação da AFA TV é, entre outros, um dos maiores projectos ao serviço do futebol aveirense idealizado desde há quatro anos no mandato de Arménio Pinho.

Manuel Alegre prefaciou

Ao longo de mais de 300 páginas, Cláudia Oliveira narra a história da AFA, as várias lideranças, os vultos do desporto-rei em Aveiro, histórias e peripécias e o crescimento da associação, sempre em ligação com os clubes, a razão de ser da associação. O escritor e político natural de Águeda, Manuel Alegre, prefaciou a obra e recordou a missão desportiva e humanística do seu avô Mário Duarte. "Um Homem que foi um visionário ao contribuir para a democratização da sociedade aveirense, porque sendo ele monárquico, ele pôs a praticar desporto nobres e plebeus, pobres e ricos." "Mário Duarte deixou o exemplo para as futuras gerações. Ele sempre quis o desporto como parte integrante da educação humana e da formação humanística. O crescimento da AFA é impressionante."

Cláudia Oliveira escreveu

Ex-estudante da Escola Secundária de Arouca e hoje jornalista profissional, Cláudia Oliveira referiu que "não haveria livro sem o arrojo e a confiança do presidente Arménio Pinho, que me convidou para realizar este trabalho. Não sou historiadora, o que sei fazer é contar histórias. Tive de fazer escolhas. Ao longo de ano e meio de trabalho e de muita pesquisa, tive alguns momentos de desespero para decifrar algumas fontes, mas também momentos de apoio e de grande satisfação. Li actas antigas de caligrafia e conteúdo que parecem arte literária. Aprendi muito, fiquei a conhecer histórias e pessoas extraordinárias." "Mergulhar na história da AFA foi um privilégio", disse a autora arouquense, que agradeceu à AFA, à FPF, aos clubes e a todos quantos contribuíram para a criação da primeira obra da história a associação aveirense.

Concelho de Arouca

Na parte dedicada aos 19 concelhos do distrito de Aveiro, o de Arouca ocupa as páginas 223 a 231. ACRD Mosteirô, ACDR Unidos de Rossas, CCR Vila Viçosa, CJ Salesiano, FC Arouca, GDSC Alvarenga, UD Fermedo, UD Mansores e uma "Visão desportiva da edilidade" são os capítulos dedicados aos oito clubes arouquenses.

Jerónimo Lopes, um arouquense na AFA

Membro da Assembleia Geral da AFA, Jerónimo Lopes é o único arouquense nos actuais órgãos sociais da associação, acompanhando a liderança de Arménio Pinho desde a sua eleição há quatro anos. Presentes na sessão comemorativa, estiveram o alvarenguense e sócio honorário da AFA, Edgar Soares, e a presidente da Câmara Municipal de Arouca, Margarida Belém. No final, todos os participantes foram presentados com um exemplar, autografado, da obra preciosa que conta a história do associativismo e do futebol aveirense. 2019-04-10 Manuel Matos/RV (direitos reservados)

 
Arouca

Segunda, 22 de Julho de 2019

Actual
Temp: 23º
Vento: SE a 0 km/h
Precip: 0 mm
Céu Limpo
Ter
T 26º
V 3 km/h
Qua
T 28º
V 2 km/h
PUB.
PUB.
 
INQUÉRITO
A providência cautelar interposta pela Lista A às eleições do FCA vai ter como desfecho o...
 
 
A Frase...

"Mansores está em contra-ciclo, no próximo ano lectivo vamos abrir duas salas de ensino pré-escolar com quarenta crianças"

Jorge Oliveira, presidente da JF Mansores, em declarações ao RV

PUB.
EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 28 visitantes online