SOCIEDADE
 
Metodologia de projecto e flexibilidade curricular dominaram Jornadas de Educação
 
Sessão de abertura
Agrupamento Escolar de Arouca organizou a terceira iniciativa do género no concelho
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
Duas centenas de docentes participaram hoje, quinta-feira, nas III Jornadas de Educação promovidas pelo Agrupamento de Escolas de Arouca. O trabalho dos professores e as mudanças na escola e no ensino decorrentes da implementação dos processos de autonomia e flexibilidade curricular estiveram na ordem do dia da formação docente. Na sessão de abertura, a directora do agrupamento, Adília Cruz, vincou os dois eixos que orientaram a organização do evento, em articulação com o projecto educativo da escola. Por um lado, melhorar o conhecimento das boas práticas na sala de aula e no trabalho colaborativo e interdisciplinar dos professores, experiências já em curso desde que o agrupamento integrou o projecto piloto da flexibilidade curricular no ano lectivo anterior e que este ano é alargado a todas as turmas iniciais de ciclo. Por outro lado, acentuar a valorização e a diferenciação pedagógica nos cursos profissionais, uma das apostas fortes do agrupamento arouquense tendo em vista o desenvolvimento das competências específicas e transversais dos alunos de forma a responder adequadamente às necessidades do tecido empresarial. José Rosa, director do Centro de Formação de Professores de Arouca, Vale de Cambra e Oliveira de Azeméis - AVCOA - salientou a dinâmica e a preocupação do agrupamento em proporcionar aos seus docentes a formação necessária numa época de mudanças e de novos desafios colocados às escolas contemporâneas. Ainda no período de abertura dos trabalhos, a presidente da Câmara Municipal de Arouca, Margarida Belém, evidenciou a relevância do evento, que vai na terceira edição, tomando a educação e o ensino como um dos pilares estruturantes do desenvolvimento do concelho. A cerimónia foi ainda acompanhada pela vereadora da educação, Fernanda Oliveira.

As experiências das escolas

A jornada formativa contou com o apoio de dois parceiros estratégicos da escola, o Projecto PMI Portugal - um programa para apoiar as escolas portuguesas na gestão dos projectos, e o SAME-Serviço de Apoio à Melhoria da Educação da Universidade Católica do Porto.
A parte da manhã foi dedicada ao "Trabalho de Projecto", exploração e implementação de novas formas dinâmicas e interactivas de pensar a planificação, o ensino e a aprendizagem nas escolas, painel que foi conduzido por Cristina Barradas, representante do Programa PMI Portugal nas Escolas. Seguiram-se mais dois painéis dedicados à experiência das escolas no âmbito de trabalhos de projecto já desenvolvidos com os alunos no contexto da autonomia e flexibilidade curricular, em parceria com o PMI. O primeiro, apresentado pela professora Lurdes Cruz, que partilhou com o auditório o percurso de gestão de projectos na escola Fernão Mendes Pinto, de Almada. O segundo, apresentado pelos professores Sílvia Jesus e Jorge Rocha, que deram testemunho de boas práticas de projecto integradas no Agrupamento de Escolas de Arouca.
As III Jornadas de Educação foram complementadas com diversos workshops, que decorreram no período da tarde. "Diferenciação Pedagógica", orientado por Cristina Palmeirão, docente da Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica do Porto; "Autonomia e Flexibilidade Curricular no Ensino Profissional-caminhos de possibilidade para uma aprendizagem global e multifacetada", a cargo de Luísa Orvalho e Laura Rocha, consultoras do SAME, da Universidade Católica; "Apresentação e uso do kit metodológico do Programa PMI Escolas", conduzido por Cristina Barradas e Carlos Carreira (tutores do PMI Escolas) e Lurdes Cruz (coordenadora do gabinete de projectos e relações com o exterior) da escola de Almada. 2018-09-06 Manuel Matos Sousa
 
Arouca

Domingo, 18 de Novembro de 2018

Actual
Temp: 11º
Vento: ESE a 2 km/h
Precip: 0 mm
Nublado
Seg
T 14º
V 3 km/h
Ter
T 11º
V 6 km/h
PUB.
PUB.
 
INQUÉRITO
Que área gostaria de ver reforçada nas GOP e Orçamento da CMA para 2019?
 
 
A Frase...

"Não discrimino nenhuma das antigas freguesias"

Ângelo Miranda, presidente da União de Freguesias de Arouca-Burgo", eleito pela coligação PSD/CDS, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 28 visitantes online