SOCIEDADE
 
Juntas de Chave e de Escariz assaltadas na mesma noite
 
Edifício-sede da JF Escariz
Larápios não levaram nada. Extensão de Saúde de Chave também foi assaltada
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
As juntas de freguesia de Chave e Escariz foram assaltadas na madrugada da última quarta-feira para quinta-feira (final de Novembro). Em ambos os edifícios, os assaltantes entraram por uma das janelas e acabaram por não levar nada. Os assaltos terão ocorrido entre as 4 e as 5 horas da madrugada. Em Chave, a extensão de saúde também foi salteada.
"O assalto começou primeiro pelo posto médico. Rebentaram a porta que fica do lado da junta, a fechadura ficou toda aberta, andaram lá dentro, mas não levaram nada. Lamento que a extensão de saúde não tenha alarme... Na junta, o alarme foi logo activado e eles não tiveram tempo para muito mais do que abrir só algumas gavetas, mas não roubaram nada. A GNR já nos pediu imagens do sistema de video-vigilância e verificamos que é possível ver um sujeito encapuzado com um foco na mão", afirma o presidente da junta de freguesia de Chave, Fernando Ribeiro.
Já José Albino Oliveira fala de um método similar em Escariz. "Foi um assalto por arrombamento. Danificaram as instalações. Não levaram nada. Eles devem ter fugido assim que o alarme foi accionado. Entre o assalto de Chave e este deve ter havido uma diferença de apenas 20 minutos", refere o autarca local.

Extensão de Saúde de Chave sem médico indigna população

Há largos meses sem médico na Extensão de Saúde (assaltada na semana passada), por motivo de doença da médica familiar, a população de Chave vive muito preocupada com esta situação e com receio de perderem esta valência. Fernando Ribeiro fala daquilo que têm sido os prejuízos para, sobretudo, os mais desfavorecidos da freguesia. "As pessoas mais velhas e aquelas que nem tem família nem transporte para ir a Escariz é que ficam mais penalizadas por não termos médico aqui. Se houvesse possibilidade de ir para Arouca, até podiam ter transporte. A Junta já falou várias vezes com António Alves, director executivo da ACeS Feira, já pedimos médico, mas foi-nos dito que não conseguem aceder a esse pedido por falta de recursos humanos. A câmara municipal está igualmente a par deste assunto. Creio que também se trata de falta de vontade na USF Escariz porque podiam mandar um médico para aqui, nem que fosse só para passar receitas", sustenta o autarca flaviense. 2019-12-04 Ruben Tavares

 
Arouca

Terça, 29 de Setembro de 2020

Actual
Temp: 18º
Vento: NE a 0 km/h
Precip: 0 mm
Nublado
Qua
T 20º
V 3 km/h
Qui
T 16º
V 5 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"O município desinvestiu nos jovens"

Ricardo Martins, lider da Juventude Popular, em entrevista ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 16 visitantes online