SOCIEDADE
 
Escolas: um Não à violência sobre as Mulheres
 
Três actrizes (Vânia, Patrícia e Marta) em palco em Arouca numa atitude realista e interventiva de grande qualidade
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
A força da mudança de mentalidades está na educação precoce e na preparação dos jovens para os desafios que a vida expõe. Foi com este pensamento que nos agrupamentos de escolas de Escariz e Arouca estiveram em foco diversas iniciativas, incluindo uma manifestação matinal aos portões da escola, visando sensibilizar para a abordagem a uma das maiores chagas do nosso tempo: a violência contra as mulheres. Um problema não só português mas transversal a todas as sociedades e culturas. Enquanto elas vão morrendo ou sofrendo no corpo e na mente feridas difíceis de debelar, sente-se tanta vezes à volta dos horrores a inércia da sociedade, das instituições, das autoridades e das instâncias judiciais, que chegam quase sempre atrasadas ou sem solução à urgência que as Mulheres clamam. Começar pelos mais novos, no presente caso, os alunos do ensino secundário, potenciar a vertente educativa, mesmo que para isso seja preciso chocar, orientou a celebração do Dia Internacional da Eliminação da Violência Contra as Mulheres. Ponto alto da efeméride foi a apresentação, seguida de debate, da peça de teatro "Mulheres", realização da Tin.Bra - Academia de Teatro
de Braga. Três mulheres (Vânia, Patrícia e Marta) em palco numa atitude realista e interventiva de grande qualidade em que o corpo e a voz das actrizes comoveram ao materializarem os quadros da doentia intimidade que ocorre quase sempre "dentro de quatro paredes", a violência doméstica, a violência no namoro e a violência encarnada na prostituição exploradora. A jornada de sensibilização e alerta teve o contributo da Câmara Municipal de Arouca e da respectiva Rede Social, em colaboração com as equipas de cidadania e de Promoção da Educação para a Saúde (PES) dos dois agrupamentos de escolas arouquenses.
Também o Parlamento dos Jovens, iniciativa da Assembleia da República de participação cívica e argumentação dirigida aos estudantes portugueses versa no presente ano lectivo o tema da "Violência doméstica e no namoro: como garantir o respeito e a igualdade?". 2019-11-25 MS/RV
 
Arouca

Domingo, 08 de Dezembro de 2019

Actual
Temp: 14º
Vento: SSW a 2 km/h
Precip: 1.0 mm
Chuvas Fortes
Seg
T 14º
V 2 km/h
Ter
T 15º
V 0 km/h
PUB.
PUB.
 
 
A Frase...

"Os Passadiços do Paiva deram um impulso significativo à dinâmica turística do nosso Município e de toda a região"

Margarida Belém, após receber novo galardão a premiar os Passadiços nos 'óscares' do Turismo 2019

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 40 visitantes online