SOCIEDADE
 
'Vida para além das cinzas' aliou caminhada com reflorestação na Freita
 
Alunos e professores em acção
Sopé da serra ganhou mais cinquenta árvores de espécies autóctones | NOTÍCIA COM MAIS DE 1600 VISUALIZAÇÕES
 
   Mais fotos
  Outras acções...
 Enviar a um amigo
 sugerir site
No passado dia 4 de Abril decorreu a actividade "Vida para além das cinzas", no âmbito da Prova de Aptidão Profissional (PAP) de Ana Rita Mendes, aluna do 12º E do Curso Profissional de Técnico de Turismo, da Escola Secundária de Arouca. Consistiu numa caminhada de cinco quilómetros, realizada entre Santa Maria do Monte (Santa Eulália) e os Viveiros da Granja (parte do PR4), seguida de uma acção de reflorestação.
Os principais objectivos do evento foram, segundo a formanda, «promover a realização de caminhadas nos percursos pedestres, uma das grandes riquezas no território Arouca Geopark; criar hábitos de vida saudável e contribuir para a reflorestação dos Viveiros da Granja (Baldios da Ameixieira), afectados pelo violente incêndio que se abateu sobre Arouca no Verão passado».
Assim, «com a animada e energética colaboração da turma do 7º B», da mesma escola, acompanhada pela professora Ester Duarte, pela directora de turma, professora Carminda Santos, foi possível aliar estas duas acções: fazer uma caminhada e pôr "mãos à obra" na plantação de 50 árvores de espécies autóctones (medronheiros e pinheiro), no sopé da Serra da Freita. Esta actividade teve o mérito de mostrar às pessoas que os jovens também se preocupam com a preservação do meio ambiente.
«Um agradecimento muito especial à Câmara Municipal de Arouca, à ESA e ao Movimento Matéria-Prima que tornaram possível a realização desta acção de reflorestação, daquela que é, afinal, a Terra de todos nós». ARM/RV 2017-04-18
 
Arouca

Quinta, 24 de Maio de 2018

Actual
Temp: 16º
Vento: ENE a 0 km/h
Precip: 0 mm
Muito Nublado
Sex
T 17º
V 2 km/h
Sáb
T 18º
V 3 km/h
PUB.
PUB.
 
INQUÉRITO
A futura ponte pedonal suspensa dos Passadiços vai ser...
 
 
A Frase...

"Ainda há muitas pessoas que não têm a noção exacta da realidade do nosso Centro Social"

Elsa Martins, dirigente do Centro Social de Escariz, Fermedo e Mato, em declarações ao RV

EDIÇÃO IMPRESSA

RSS Adicione ao Google Adicione ao NetVibes Adicione ao Yahoo!
PUB.
Desenvolvido por Hugo Valente | Powered By xSitev2p | Design By Coisas da Web | 25 visitantes online